'A Colheita' é tema da decoração do Pelô no São João da Bahia

O tema da decoração do São João da Bahia, no Pelourinho, neste ano, é 'A Colheita'; as ruas e praças do Centro Histórico já respiram o clima de forró com girassóis, espantalhos, espigas de milho, balões e bonecos gigantes estilizados; bandeirolas cobrem praticamente toda a área e completam o clima festivo, integrando os adereços da festa popular realizada pelo governo do Estado da Bahia, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo

O tema da decoração do São João da Bahia, no Pelourinho, neste ano, é 'A Colheita'; as ruas e praças do Centro Histórico já respiram o clima de forró com girassóis, espantalhos, espigas de milho, balões e bonecos gigantes estilizados; bandeirolas cobrem praticamente toda a área e completam o clima festivo, integrando os adereços da festa popular realizada pelo governo do Estado da Bahia, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo
O tema da decoração do São João da Bahia, no Pelourinho, neste ano, é 'A Colheita'; as ruas e praças do Centro Histórico já respiram o clima de forró com girassóis, espantalhos, espigas de milho, balões e bonecos gigantes estilizados; bandeirolas cobrem praticamente toda a área e completam o clima festivo, integrando os adereços da festa popular realizada pelo governo do Estado da Bahia, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O tema da decoração do São João da Bahia, no Pelourinho, em 2016, é "A Colheita". As ruas e praças do Centro Histórico já respiram o clima de forró com girassóis, espantalhos, espigas de milho, balões e bonecos gigantes estilizados. Bandeirolas cobrem praticamente toda a área e completam o clima festivo, integrando os adereços da festa popular realizada pelo governo do Estado da Bahia, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa).

São 35 mil metros de bandeirolas, sustentadas por mais de 5,5 mil metros de cabo de aço. Toda a decoração é planejada no sentido de não provocar danos ao patrimônio público, informa o empresário Baldomero Trindade, responsável pela decoração, juntamente com a artista plástica Telma Calheira.

Além das bandeirolas, no Largo do Cruzeiro de São Francisco, seis balões de 1,6m cada um, um casal de bonecos caipiras, medindo 3,5m, três portais de 7m e um pórtico, de 5mX5m, decorados com pés de milho e espantalhos já são admirados pelo público que aproveitam para tirar fotos de recordação.

No Terreiro de Jesus são 12 postes de 8m contornando a praça com bandeirolas e balões, de três metros cada um. No Largo do Pelourinho, um arraial de bandeiras típicas do São João, 12 postes de 6m contornando a área e outro de 12 m com girassóis, além de balões, compõem o cenário.

As ruas Gregório de Mattos, das Laranjeiras, João de Deus, Alfredo de Brito, Castro Rabelo, Inácio Acioli, Frei Vicente e Leovigildo Carvalho têm um clima festivo. "O Centro Histórico já respira o São João. É a principal festa popular da Bahia e um forte produto turístico do estado", afirma o presidente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247