ACM diz que não apoia ‘vingança’ de ovada contra Doria em Lula

Paira sobre a política baiana expectativa de que militantes de Democratas e PSDB queiram 'se vingar' da chuva de ovos com a qual o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi recebido em Salvador na semana passada; o prefeito ACM Neto (DEM) garante que não incita nem apoia nenhuma iniciativa da militância de seu partido contra o ex-presidente Lula, que fará um ato político à tarde na Arena Fonte Nova; "No que depender de mim, nenhum militante do Democratas nem dos partidos que estão comigo farão qualquer tipo de manifestação ou de movimentação política para atrapalhar a visita do ex-presidente da República", diz ACM

ACM Neto
ACM Neto (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Paira sobre a política baiana expectativa de que militantes de Democratas e PSDB queiram 'se vingar' da chuva de ovos com a qual o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), foi recebido em Salvador na semana passada, quando veio receber o título de cidadão soteropolitano na Câmara Municipal. 

Também atingido, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), garante que não incita nem apoia nenhuma iniciativa da militância de seu partido contra o ex-presidente Lula, que fará um ato político no final da tarde desta quinta-feira na Arena Fonte Nova.

"No que depender de mim, nenhum militante do Democratas nem dos partidos que estão comigo farão qualquer tipo de manifestação ou de movimentação política para atrapalhar a visita do ex-presidente da República. Isso está fora de qualquer cogitação. Se outros farão ou não, eu não tenho conhecimento nem nenhuma responsabilidade. O que posso dizer é que eu não faço política como eles fazem. No episódio dos ovos, eu acho que se virou frontalmente contra eles. Ficou muito claro que em pleno ano de 2017 nós não podemos ter esse tipo de situação. Eu espero que a visita do ex-presidente ocorra em clima de paz e tranquilidade. É evidente que estamos em campos políticos frontalmente opostos. É evidente que no ano que vem estaremos em campo político frontalmente opostos".

ACM Neto aproveita a oportunidade, porém, para atacar o PT e seus aliados, e insiste na ideia de que o governador Rui Costa (PT) e seus aliados "temem" sua candidatura ao governo da Bahia em 2018.

"Mas isso não quer dizer que eu defenda qualquer tipo de iniciativa de agressão ou de ofensa. Nem a ele nem a ninguém. Pode vir quem vier, da extrema esquerda à extrema direita. Mesmo com minha eventual discordância ideológica, não terá jamais a minha torcida nem muito menos o meu apoio para que haja qualquer tipo de restrição ao direito de visitarem a Bahia e de dizerem o que quiserem dizer".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247