ACM Neto desiste de processo contra Rui Costa

A tensão entre o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa provocada pela falta de água em Salvador após falha nas obras do metrô parece não ter sido suficiente para abalar a nova fase paz e amor entre os dois; o democrata desistiu do processo criminal que movia contra Rui por injúria, calúnia e difamação, em decorrência da campanha de 2014; "Os nossos advogados estão conversando para avaliar a possibilidade de colocar um fim às demandas que foram apresentadas de lado a lado", disse ACM; para Rui, "os xiitas e provocadores perderão a função neste novo contexto em que Rui e Neto passam a se entender. É melhor que comecem a trabalhar pelo bem"

A tensão entre o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa provocada pela falta de água em Salvador após falha nas obras do metrô parece não ter sido suficiente para abalar a nova fase paz e amor entre os dois; o democrata desistiu do processo criminal que movia contra Rui por injúria, calúnia e difamação, em decorrência da campanha de 2014; "Os nossos advogados estão conversando para avaliar a possibilidade de colocar um fim às demandas que foram apresentadas de lado a lado", disse ACM; para Rui, "os xiitas e provocadores perderão a função neste novo contexto em que Rui e Neto passam a se entender. É melhor que comecem a trabalhar pelo bem"
A tensão entre o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa provocada pela falta de água em Salvador após falha nas obras do metrô parece não ter sido suficiente para abalar a nova fase paz e amor entre os dois; o democrata desistiu do processo criminal que movia contra Rui por injúria, calúnia e difamação, em decorrência da campanha de 2014; "Os nossos advogados estão conversando para avaliar a possibilidade de colocar um fim às demandas que foram apresentadas de lado a lado", disse ACM; para Rui, "os xiitas e provocadores perderão a função neste novo contexto em que Rui e Neto passam a se entender. É melhor que comecem a trabalhar pelo bem" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - A tensão entre o prefeito ACM Neto (DEM) e o governador Rui Costa (PT) provocada pela falta de água em Salvador após falha nas obras do metrô parece não ter sido suficiente para abalar a nova fase paz e amor entre os dois gestores.

Na quarta-feira (8) o democrata desistiu do processo criminal que movia contra Rui por injúria, calúnia e difamação, em decorrência da campanha eleitoral das eleições de 2014. As penas somadas para estes crimes podiam chegar até três anos e meio. Publicado no site do Superior Tribunal de Justiça, o acordo dá sinais de que foi dada a largada por acordos em prol do metrô de Salvador e demais projetos de mobilidade.

"Os nossos advogados estão conversando para avaliar a possibilidade de colocar um fim às demandas que foram apresentadas de lado a lado", disse ACM Neto em publicação do jornal Tribuna da Bahia.

No dia 25 de março, a ministra Maria Thereza de Assis Moura, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou que Rui apresentasse, no prazo de 15 dias, resposta à imputação, por conta da ação criminal que Neto moveu contra ele. Nesta ação, o alcaide acusa o petista de calúnia, injúria e difamação.

Expectativa, agora, é de que sejam excluídas todas as ações movidas durante a campanha do ano passado, quando Neto saiu a favor da chapa de Paulo Souto (DEM) para o governo da Bahia.

"Os xiitas e provocadores perderão a função neste novo contexto em que Rui e Neto passam a se entender. É melhor que comecem a trabalhar pelo bem", disse o governador Rui Costa. Nas eleições, o petista acusou ACM Neto de ter financiado a Rede Bahia com recursos da Prefeitura de Salvador.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247