ACM tem aval para tomar R$ 1 bilhão em empréstimos

A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta quarta-feira dois pedidos de autorização do Executivo para contratação de empréstimos no Banco Interamericano para Reconstrução e Desenvolvimento, no valor de até US$ 250 milhões; e no Banco Interamericano de Desenvolvimento, de até US$ 67,5 milhões, equivalentes a mais de R$ 1 bilhão no total; de acordo com as mensagens do prefeito ACM Neto ao Legislativo, o primeiro projeto destina-se ao projeto 'Salvador Social' e o segundo a obras de saneamento básico na região do Subúrbio Ferroviário; os projetos foram aprovados com votos contrários da bancada da oposição, com argumento de que faltou discussão sobre a destinação dos recursos

A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta quarta-feira dois pedidos de autorização do Executivo para contratação de empréstimos no Banco Interamericano para Reconstrução e Desenvolvimento, no valor de até US$ 250 milhões; e no Banco Interamericano de Desenvolvimento, de até US$ 67,5 milhões, equivalentes a mais de R$ 1 bilhão no total; de acordo com as mensagens do prefeito ACM Neto ao Legislativo, o primeiro projeto destina-se ao projeto 'Salvador Social' e o segundo a obras de saneamento básico na região do Subúrbio Ferroviário; os projetos foram aprovados com votos contrários da bancada da oposição, com argumento de que faltou discussão sobre a destinação dos recursos
A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta quarta-feira dois pedidos de autorização do Executivo para contratação de empréstimos no Banco Interamericano para Reconstrução e Desenvolvimento, no valor de até US$ 250 milhões; e no Banco Interamericano de Desenvolvimento, de até US$ 67,5 milhões, equivalentes a mais de R$ 1 bilhão no total; de acordo com as mensagens do prefeito ACM Neto ao Legislativo, o primeiro projeto destina-se ao projeto 'Salvador Social' e o segundo a obras de saneamento básico na região do Subúrbio Ferroviário; os projetos foram aprovados com votos contrários da bancada da oposição, com argumento de que faltou discussão sobre a destinação dos recursos (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta quarta-feira (16) dois pedidos de autorização do Executivo para contratação de empréstimos no Banco Interamericano para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), no valor de até US$ 250 milhões, e no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de até US$ 67,5 milhões, equivalentes a mais de R$ 1 bilhão no total.

De acordo com as mensagens do prefeito ACM Neto (DEM) ao Legislativo, o primeiro projeto (nº 273/16) destina-se ao projeto 'Salvador Social' e o segundo (nº 274/16) a obras de saneamento básico na região do Subúrbio Ferroviário.

Os projetos foram aprovados com votos contrários da bancada da oposição, liderada pelo vereador Sílvio Humberto (PSB), com o argumento de que faltou discussão sobre a destinação dos recursos.

"Os projetos são muito complexos e não tem nada detalhando onde esse dinheiro será investido", frisou. Para Hilton Coelho (PSOL), "a Câmara deu um cheque em branco à prefeitura" e a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) contestou a apresentação de parecer das comissões em plenário para projeto que não foi submetido a acordo de liderança.

Os vereadores da oposição consideraram ainda que as operações de crédito não foram previstas no Plano Plurianual de Aplicações (PPA), o que foi negado pelo relator da Comissão de Finanças e Orçamento, vereador Claudio Tinoco (DEM).

O vereador Edvaldo Brito (PSD) se absteve de votar, também por considerar os projetos "da mais alta complexidade, o que exigiria uma discussão à altura".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247