Ações da Natura lideram altas do Ibovespa após campanha de Dia dos Pais boicotada por Silas Malafaia

As ações da Natura fecharam em alta 6,73%, a R$ 47,09, registrando a maior variação positiva entre os papéis que compõem o Ibovespa. Recentemente, a empresa lançou uma campanha de Dias dos Pais com a participação de Thammy Miranda, homem trans e filho de Gretchen. Peça publicitária foi boicotada por nomes como Silas Malafaia

Thammy Miranda com o filho
Thammy Miranda com o filho (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - As ações da Natura fecharam esta quarta-feira (29) em alta 6,73%, a R$ 47,09, registrando a maior variação positiva entre os papéis que compõem o Ibovespa. O desempenho contribuiu para o resultado positivo do principal índice da Bolsa de Valores brasileira, que encerrou o pregão em alta de 1,44%, aos 105.605,17 pontos. É o maior nível de fechamento desde 4 de março, quando o indicador bateu os 107 mil pontos. A informação foi publicada pelo portal Uol

Recentemente, a empresa lançou uma campanha de Dias dos Pais com a participação de Thammy Miranda, homem trans e filho de Gretchen. Depois de ser anunciado como uma das estrelas da campanha, Thammy respondeu a ofensas recebidas afirmando que não se considerar melhor nem pior que outros pais, mas um pai presente.

A campanha gerou intensa repercussão entre pessoas conhecidas. Uma delas foi o pastor-empresário Silas Malafaia, que pediu boicote à Natura. "Coloca uma mulher para fazer papel de homem no Dia dos Pais. Uma afronta aos valores cristãos", disse. 

O youtuber Felipe Neto se propôs a ser garoto-propaganda da Natura gratuitamente, depois que o pedido de boicote de Malafaia. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email