Ações em série da Polícia Civil levam 36 à prisão

Em seis operações, a Polícia Civil de Pernambuco prendeu 36 suspeitos, nesta quinta-feira (6), no Recife, na Região Metropolitana e no interior do Estado por tráfico de drogas, homicídios e falsificação de produtos; entre os detidos estão três peruanos acusados de integrarem uma quadrilha que falsificava roupas e que eram revendidas no Norte e no Nordeste

Ações em série da Polícia Civil levam 36 à prisão
Ações em série da Polícia Civil levam 36 à prisão

PE247 – Em seis operações, a Polícia Civil de Pernambuco prendeu 36 suspeitos, nesta quinta-feira (6), no Recife, na Região Metropolitana e no interior do Estado por tráfico de drogas, homicídios e falsificação de produtos. Entre os detidos estão três peruanos acusados de integrarem uma quadrilha que falsificava roupas no Norte e no Nordeste. Além deles, foram autuados 27 presidiários que, segundo a polícia, integravam grupos que continuavam praticando crimes fora da cadeia. As ações fazem parte da comemoração dos seis anos do programa Pacto Pela Vida, da Secretaria Estadual de Defesa Social (SDS), que visa reduzir a criminalidade no Estado.

A polícia tem como meta cumprir 40 mandados de prisão preventiva e outros 50 de busca e apreensão nos municípios do Recife (Capital), Arcoverde (Sertão), Caruaru (Agreste), Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata (Região Metropolitana) e Fortaleza (capital do Ceará). Cerca de 450 policiais civis e militares participam das investigações. Os detidos estão sendo encaminhados às delegacias do interior, à sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, e à Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), bairro de São José, região central do Recife.

As ações desenvolvidas são: Operação Lima, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra à Propriedade Imaterial (Deprim), que objetiva combater a falsificação de produtos;  a Capricórnio, Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), para desmontar grupos que traficam entorpecentes, e a Check List, da Diretoria Integrada Metropolitana (DIN), para reprimir o tráfico de drogas na Zona Oeste.

Além dessas três, a polícia também desenvolve a Operação Água Legal, da Delegacia do Consumidor, com o objetivo de prender pessoas que estariam vendendo água imprópria para o consumo humano; a Agreste Seguro II, para combater o tráfico na região, especialmente, na principal cidade Agrestina, Caruaru e, por fim, a Operação Gaiola, para prender suspeitos de tráfico e homicídios no Sertão do Estado.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247