"Adição e subtração" dos rios Amarelo e Yangtsé

Desde o 18o Congresso Nacional do Partido Comunista da China o curso do rio Yangtsé se tornou prioridade de desenvolvimento ecológico e o rio Amarelo restaurou seu ecossistema

www.brasil247.com - Rios Amarelo e Yangtsé, na China
Rios Amarelo e Yangtsé, na China (Foto: Mídia chinesa)


Rádio Internacional da China - O presidente chinês, Xi Jinping, atribui alta importância à proteção dos rios Amarelo e Yangtsé. Desde o 18o Congresso Nacional do Partido Comunista da China em 2012, o curso do rio Yangtzé se tornou prioridade de desenvolvimento ecológico e o rio Amarelo restaurou seu ecossistema.

Na última década, o reflorestamento no curso do rio Amarelo avançou cerca de 150 quilômetros, o que fixou mais água e solo na bacia. Mais precisamente, a Bacia do rio Amarelo controlou 26.800 quilômetros quadrados de perda de solo e água. 

Se houve adição no rio Amarelo, ocorreu subtração no rio Yangtsé.

Em 2012, havia mais de 20 mil indústrias químicas localizadas ao longo de três quilômetros da bacia do rio Yangtsé. E, agora, o número de indústrias químicas nessa região foi reduzido notavelmente.

Ao mesmo tempo, a capacidade de tratamento de esgoto das cidades foi elevada.

Quando a água se torna translúcida, os peixes voltam. O rio mãe está revigorado com a melhoria ecológica.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email