Aécio defende aliança entre PSDB e PSB em SP

"Já disse meses atrás que considero natural o PSB continuar onde estava. E onde o PSB sempre esteve em São Paulo? Ao lado do governador Alckmin", afirmou o presidenciável tucano Aécio Neves (MG), presidente do PSDB nacional, sobre aliança com partido de Eduardo Campos na disputa pelo maior colégio eleitoral do Brasil

"Já disse meses atrás que considero natural o PSB continuar onde estava. E onde o PSB sempre esteve em São Paulo? Ao lado do governador Alckmin", afirmou o presidenciável tucano Aécio Neves (MG), presidente do PSDB nacional, sobre aliança com partido de Eduardo Campos na disputa pelo maior colégio eleitoral do Brasil
"Já disse meses atrás que considero natural o PSB continuar onde estava. E onde o PSB sempre esteve em São Paulo? Ao lado do governador Alckmin", afirmou o presidenciável tucano Aécio Neves (MG), presidente do PSDB nacional, sobre aliança com partido de Eduardo Campos na disputa pelo maior colégio eleitoral do Brasil (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O presidenciável tucano Aécio Neves (MG) defendeu nesta segunda-feira a manutenção da aliança entre seu partido e o PSB em São Paulo. Para Aécio, que é presidente nacional da sigla, o acordo é "natural" e tem apoio do comando nacional do PSDB.

"Quaisquer que sejam as alianças que o governador Alckmin conduzir, terá o nosso absoluto apoio. Ele tem feito essas conversas, até porque são naturais, com o PSB e outras forças políticas. Já disse meses atrás que considero natural o PSB continuar onde estava. E onde o PSB sempre esteve em São Paulo? Ao lado do governador Alckmin", afirmou.

O cenário político mudou no Estado desde que o presidenciável tucano Eduardo Campos se aliou à ex-senadora Marina Silva. Ela insiste em lançar candidato próprio da aliança PPS/PSB/Rede em São Paulo, para afastar o partido de Campos do PSDB.

Outros pré-acordos fechados para os palanques em Minas e Pernambuco também foram descartados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email