Aécio diz que não se intimidará com tentativa 'sórdida' de vinculá-lo à Lava Jato

Em mensagem de fim de ano em sua conta no Facebook, o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, demonstrou "indignação" com a delação do entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha, que o apontou como o destinatário de propina de R$ 300 mil; " tucano disse que a aparição de seu nome, pela segunda vez, de seu nome na Lava Jato não irá intimidá-lo; "Temos que apurar de forma definitiva o que está por trás dessas mentiras. Nada disso me intimida. Só aumenta a minha determinação de continuar onde sempre estive, defendendo a verdade e combatendo a corrupção, em benefício de um novo Brasil, que, tenho a certeza, vamos construir", afirmou

Em mensagem de fim de ano em sua conta no Facebook, o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, demonstrou "indignação" com a delação do entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha, que o apontou como o destinatário de propina de R$ 300 mil; " tucano disse que a aparição de seu nome, pela segunda vez, de seu nome na Lava Jato não irá intimidá-lo; "Temos que apurar de forma definitiva o que está por trás dessas mentiras. Nada disso me intimida. Só aumenta a minha determinação de continuar onde sempre estive, defendendo a verdade e combatendo a corrupção, em benefício de um novo Brasil, que, tenho a certeza, vamos construir", afirmou
Em mensagem de fim de ano em sua conta no Facebook, o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, demonstrou "indignação" com a delação do entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha, que o apontou como o destinatário de propina de R$ 300 mil; " tucano disse que a aparição de seu nome, pela segunda vez, de seu nome na Lava Jato não irá intimidá-lo; "Temos que apurar de forma definitiva o que está por trás dessas mentiras. Nada disso me intimida. Só aumenta a minha determinação de continuar onde sempre estive, defendendo a verdade e combatendo a corrupção, em benefício de um novo Brasil, que, tenho a certeza, vamos construir", afirmou (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua conta no Facebook, o senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, desejou nesta quinta-feira, 31, um feliz 2016 para os brasileiros. O tucano manifestou "indignação" com a delação do entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha, que o apontou como o destinatário de uma propina de R$ 300 mil, paga pela construtora UTC (leia mais).

"O meu desejo de esperanças renovadas para todos vocês, em 2016, e a manifestação de indignação com a sórdida tentativa de vinculação de nomes da oposição - incluindo o meu - com a Operação Lava Jato", disse Aécio. 

O tucano, um dos principais articuladores do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, disse que a aparição de seu nome, pela segunda vez, de seu nome na Lava Jato não irá intimidá-lo. 

"Temos que apurar de forma definitiva o que está por trás dessas mentiras. Nada disso me intimida. Só aumenta a minha determinação de continuar onde sempre estive, defendendo a verdade e combatendo a corrupção, em benefício de um novo Brasil, que, tenho a certeza, vamos construir", afirmou.

Veja o vídeo do senador Aécio Neves.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247