Aécio: PSDB promete ações contra Lula no governo

Presidente do PSDB, que foi citado pelo colega de Senado Delcídio do Amaral como beneficiário de esquema de propina em Furnas, prometeu ações judiciais para barrar a eventual nomeação do ex-presidente Lula como ministro do governo Dilma Rousseff; "A ida do ex-presidente Lula para um ministério reforça a certeza dos brasileiros de que o governo tem hoje como única preocupação a sua sobrevivência a qualquer custo", disse Aécio Neves; "Mais uma vez, o governo serve ao PT e não ao país. O PSDB está analisando as medidas judiciais cabíveis nesse caso", completou

Presidente do PSDB, que foi citado pelo colega de Senado Delcídio do Amaral como beneficiário de esquema de propina em Furnas, prometeu ações judiciais para barrar a eventual nomeação do ex-presidente Lula como ministro do governo Dilma Rousseff; "A ida do ex-presidente Lula para um ministério reforça a certeza dos brasileiros de que o governo tem hoje como única preocupação a sua sobrevivência a qualquer custo", disse Aécio Neves; "Mais uma vez, o governo serve ao PT e não ao país. O PSDB está analisando as medidas judiciais cabíveis nesse caso", completou
Presidente do PSDB, que foi citado pelo colega de Senado Delcídio do Amaral como beneficiário de esquema de propina em Furnas, prometeu ações judiciais para barrar a eventual nomeação do ex-presidente Lula como ministro do governo Dilma Rousseff; "A ida do ex-presidente Lula para um ministério reforça a certeza dos brasileiros de que o governo tem hoje como única preocupação a sua sobrevivência a qualquer custo", disse Aécio Neves; "Mais uma vez, o governo serve ao PT e não ao país. O PSDB está analisando as medidas judiciais cabíveis nesse caso", completou (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, prometeu ações judiciais para barrar a eventual nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro do governo da presidente Dilma Rousseff.

"A ida do ex-presidente Lula para um ministério reforça a certeza dos brasileiros de que o governo tem hoje como única preocupação a sua sobrevivência a qualquer custo", disse o tucano nesta terça-feira, 15, em sua página no Facebook.

"Enquanto o governo se mobiliza apenas em torno dos interesses do PT, os problemas reais dos brasileiros se avolumam sem perspectiva de solução. Mais uma vez, o governo serve ao PT e não ao país. O PSDB está analisando as medidas judiciais cabíveis nesse caso", completou. 

Aécio Neves foi citado pelo senador Delcídio do Amaral (PT-MS) como beneficiário de um esquema de propinas instalado em Furnas. A delação premiada de Delcídio foi homologada nesta terça-feira pelo ministro Teori Zavascki, que retirou o sigilo das revelações (leia mais). 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247