Aeronaves são usadas para reforçar segurança

O patrulhamento aéreo tem sido, na capital e no interior, uma importante ferramenta no combate à criminalidade; em Maceió, o helicóptero Falcão 3 vasculha áreas com pontos estrategicamente planejados, incluindo o sistema prisional; e no interior, o Falcão 4 percorre as cidades de Arapiraca, Cacimbinhas, Igaci, Minador do Negrão, Palmeira dos Índios e o Presídio do Agreste; qualquer movimentação suspeita é imediatamente informada para as devidas ações por terra

O patrulhamento aéreo tem sido, na capital e no interior, uma importante ferramenta no combate à criminalidade; em Maceió, o helicóptero Falcão 3 vasculha áreas com pontos estrategicamente planejados, incluindo o sistema prisional; e no interior, o Falcão 4 percorre as cidades de Arapiraca, Cacimbinhas, Igaci, Minador do Negrão, Palmeira dos Índios e o Presídio do Agreste; qualquer movimentação suspeita é imediatamente informada para as devidas ações por terra
O patrulhamento aéreo tem sido, na capital e no interior, uma importante ferramenta no combate à criminalidade; em Maceió, o helicóptero Falcão 3 vasculha áreas com pontos estrategicamente planejados, incluindo o sistema prisional; e no interior, o Falcão 4 percorre as cidades de Arapiraca, Cacimbinhas, Igaci, Minador do Negrão, Palmeira dos Índios e o Presídio do Agreste; qualquer movimentação suspeita é imediatamente informada para as devidas ações por terra (Foto: Voney Malta)

Dulce Melo/Agência Alagoas - A vigilância continua e a Segurança Pública mantém o ritmo de combate à criminalidade com reforço de patrulhamento aéreo na capital e no interior, neste domingo (16), focando a Região Agreste.

Em Maceió, o helicóptero Falcão 3 vasculha áreas com pontos estrategicamente planejados, incluindo o sistema prisional. A determinação é a de que qualquer movimentação sob suspeita seja imediatamente informada para as devidas ações por terra.

Com o mesmo propósito, o Falcão 4 percorre as cidades de Arapiraca, Cacimbinhas, Igaci, Minador do Negrão e Palmeira dos Índios. O Presídio do Agreste também é um dos pontos principais.

"A Segurança Pública tem se debruçado dia e noite para eliminar os planos da criminalidade. Diariamente temos apresentado muitos autores de crimes como resultado do trabalho das nossas polícias. Não se pode, de forma alguma, até porque não é fato, afirmar que estamos inertes ou alheios a qualquer situação", afirma o secretário Lima Júnior.

O chefe do Aéreo, coronel BM André Madeiro, ressalta a importância do patrulhamento pelas aeronaves.

"Estamos contribuindo com as operações diariamente, inclusive à noite, e alem da rota programada nos dirigindo para locais que são colocados como suspeitos de alvo de ação criminosa. Nossos integrantes têm cumprido com muita responsabilidade o papel deles e Alagoas toda pode contar com nossos serviços. Estamos atentos", ressalta Madeiro.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247