Agehab abre inscrições para 496 apartamentos em Goiânia

Agência Goiana de Habitação (Agehab) abre na segunda-feira (11) inscrições para 496 apartamentos no Residencial Porto Dourado, localizado na região Sudoeste de Goiânia, saída para Aragoiânia; as inscrições vão de 11 a 25 de setembro pelo site da Agehab: www.agehab.go.gov.br ; este é o primeiro processo seletivo de moradias contratadas em Goiânia dentro da meta estabelecida pelo programa Goiás na Frente Habitação de 30 mil unidades até o final de 2018

Agência Goiana de Habitação (Agehab) abre na segunda-feira (11) inscrições para 496 apartamentos no Residencial Porto Dourado, localizado na região Sudoeste de Goiânia, saída para Aragoiânia; as inscrições vão de 11 a 25 de setembro pelo site da Agehab: www.agehab.go.gov.br ; este é o primeiro processo seletivo de moradias contratadas em Goiânia dentro da meta estabelecida pelo programa Goiás na Frente Habitação de 30 mil unidades até o final de 2018
Agência Goiana de Habitação (Agehab) abre na segunda-feira (11) inscrições para 496 apartamentos no Residencial Porto Dourado, localizado na região Sudoeste de Goiânia, saída para Aragoiânia; as inscrições vão de 11 a 25 de setembro pelo site da Agehab: www.agehab.go.gov.br ; este é o primeiro processo seletivo de moradias contratadas em Goiânia dentro da meta estabelecida pelo programa Goiás na Frente Habitação de 30 mil unidades até o final de 2018 (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A Agência Goiana de Habitação (Agehab) abre na segunda-feira (11/9) inscrições para 496 apartamentos no Residencial Porto Dourado, localizado na região Sudoeste de Goiânia, saída para Aragoiânia. O Edital com as regras do Processo Seletivo para essas moradias foi publicado hoje (6/9) no Diário Oficial do Estado e também no site da Agência. As inscrições vão de 11 a 25 de setembro pelo site da Agehab: www.agehab.go.gov.br e também presencialmente no posto de atendimento do correspondente bancário Caixa na Avenida Rio Verde (quadra B, S/N, Parque Amazonas), em frente ao terminal de ônibus do Cruzeiro do Sul. Este processo seletivo destina-se à famílias com renda de R$ 465,00 a R$ 2,6 mil, correspondente à faixa 1.5 do Minha Casa Minha Vida. Uma das exigências do processo seletivo é que a pessoa não tenha restrição cadastral (Serasa, SPC, Bacen e Receita Federal).

Este é o primeiro processo seletivo de moradias contratadas em Goiânia dentro da meta estabelecida pelo programa Goiás na Frente Habitação de 30 mil unidades até o final de 2018. As moradias serão construídas pela parceria Agehab, com recursos do Cheque Mais Moradia, Caixa Econômica Federal/FGTS e entidade proponente. O presidente da Agehab, Luiz Stival, destaca que todas as inciativas que visam reduzir o déficit habitacional no estado de Goiás são bem vindas e fruto de muito esforço não só do Governo de Goiás, mas de todos os parceiros envolvidos. “Temos várias frentes de trabalho em todo o estado e diversas parcerias efetivadas ou sendo negociadas. O mais importante é garantir que o maior número possível de famílias possa realizar o sonho de ter a chave da casa própria na mão. Esse é o compromisso do governador Marconi Perillo com o Goiás na Frente Habitação, reduzir o déficit habitacional em todo o Estado”, afirma Stival.

A Gerência de Cadastro da Agehab esclarece que as inscrições somente serão validadas com a entrega da documentação inicial (documentos pessoais, RG , CPF, título de eleitor, carteira de trabalho, e comprovantes de estado civil, endereço e renda, conforme edital 003/2017 e informações publicadas no site da Agehab. Todas as famílias passarão por avaliação de crédito, conforme regras da Caixa Econômica Federal, antes do sorteio das moradias. Serão validadas as inscrições das famílias que tiverem avaliação de crédito aprovada pela Caixa para financiamento. O prazo de financiamento é de 360 meses, com prestações a partir de R$ 385,00, que varia de acordo com o perfil e a renda familiar.

A entrega de documentação será feita no posto de atendimento da Avenida Rio Verde. Os atendentes do correspondente bancário Caixa farão a simulação de financiamento para os candidatos a essas moradias. A lista dos habilitados e aprovados será publicada no dia 2 de outubro, com sorteio entre os inscritos programado para 10 de outubro.

O investimento do Governo de Goiás na parceria para construção da primeira etapa do Residencial Porto Dourado é de R$ 15 mil por unidade habitacional , com R$ 105 mil da Caixa Econômica Federal, totalizando R$ 120 mil por imóvel. A construção do empreendimento deverá ser iniciada em dezembro próximo, com previsão de conclusão em novembro de 2019.

Quem pode participar do processo seletivo

As regras para o processo seletivo estão descritas no edital. Entre elas, nunca ter tido outro imóvel e nem ter sido beneficiado por nenhum programa habitacional (federal, estadual ou municipal). Residir e trabalhar na região metropolitana de Goiânia, comprovando vínculo de no mínimo três anos. Não ter restrição cadastral (Serasa, SPC, Bacen e Receita Federal) e renda familiar de até R$ 2,6 mil.
Além do grupo geral, estão previstos dois grupos prioritários para o Porto Dourado: deficientes e idosos, cada um com 3% de vagas reservadas. Depois de descontadas as unidades habitacionais destinadas aos candidatos dos grupos prioritários, o restante será distribuído aos candidatos do grupo geral. É importante que os interessados leiam com atenção o edital e observem os critérios de seleção e a documentação que deve ser apresentada obrigatoriamente.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247