Agenor fala em construir viadutos na Marginal Botafogo

Candidato a vice representou atual prefeito em encontro com representantes do Fórum de Mobilidade Urbana; peemedebista diz que há proposta para construção de novo viaduto na BR-153, ligando o Jardim Goiás e o Setor Novo Mundo, junto à Celg

Agenor fala em construir viadutos na Marginal Botafogo
Agenor fala em construir viadutos na Marginal Botafogo (Foto: Thiago Dahás/Divulgação)

Goiás 247 _ O candidato a vice-prefeito de Goiânia, Agenor Mariano (PMDB), representou Paulo Garcia (PT), no encontro com representantes do Fórum de Mobilidade Urbana da Região Metropolitana de Goiânia. Agenor Mariano falou sobre a proposta de continuação da Marginal Botafogo, da Avenida Jamel Cecílio até a 2ª Radial no Setor Pedro Ludovico; sobre a construção de viadutos na Marginal Botafogo sob a Avenida Jamel Cecílio e sob a Rua 88; e sobre um novo viaduto na BR-153, ligando o Jardim Goiás e o Setor Novo Mundo, junto à Celg.

O peemedebista abordou também a construção do BRT Norte Sul, que será entregue em dois anos, com quase 23 quilômetros construídos e atenderá as regiões sul, norte e noroeste da capital. "A obra ligará o terminal Veiga Jardim ao Recanto do Bosque e terá um investimento de 282 milhões de reais", contou.

Agenor explicou que 82 ônibus vão trafegar na via, sendo 52 convencionais e 30 articulados, e que serão construídos quatro terminais: Correios, Rodoviária, Perimetral e Recanto do Bosque. De acordo com Agenor, o projeto contempla também a reconstrução do Terminal Isidória, e a construção de 38 estações de embarque e desembarque, com capacidade para 14 mil passageiros. "A velocidade da frota terá aumento de 14 para 25 quilômetros por hora e as estações e os terminais terão monitoramento de segurança 24 horas", disse.

Sobre os corredores exclusivos, Agenor lembrou que estes já estão sendo implantados na capital. "A Prefeitura já mostrou seu interesse em dar continuidade nesse modelo que preconiza o plano diretor da cidade", afirmou. O candidato assegurou que tem havido uma democracia muito grande, já que a Prefeitura discute seus projetos com os atores do processo que engloba a mobilidade urbana, as edificações e o uso do solo na cidade de Goiânia. "Estamos lutando pela nossa cidade e continuaremos", finalizou.

(Com informações da assessoria do candidato)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247