Agnelo: crítica da Fifa não se aplica a Brasília

Governador afirma que Estdio Nacional ser a melhor arena da Copa e que prazos esto sendo cumpridos, ao contrrio do que acontece no resto do Brasil

Agnelo: crítica da Fifa não se aplica a Brasília
Agnelo: crítica da Fifa não se aplica a Brasília (Foto: Valter Campanato/ABr (31.08.2011))

247 – Em meio à polêmica entre o governo federal e a Fifa, sobre os atrasos nas obras dos estádios e de infraestrutura para a Copa de 2014, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, demonstrou tranquilidade com a situação de Brasília, que vem cumprindo os prazos do calendário. Leia, abaixo, reportagem do G1 sobre o tema:

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, afirmou neste sábado (3), em almoço com os operários do Estádio Nacional de Brasília, que as críticas aos preparativos da Copa de 2014 feitas pelo secretário-geral da Fifa , Jerôme Valcke, não se aplicam a Brasília.

Valcke afirmou, nesta sexta-feira (2), que o transporte e o sistema hoteleiro das cidades-sede da Copa de 2014 são as maiores preocupações.

"Essa declaração não se aplica a Brasília. Não posso falar pelo resto do Brasil, porque aí vai responder a área federal", disse o governador do DF. "Em relação a Brasília, estamos absolutamente no calendário. Vamos fazer o melhor estádio da Copa", acrescentou.

De acordo com Agnelo, três grandes obras de mobilidade urbana devem ser anunciadas em breve, e vão melhorar "as principais artérias" da cidade. Agnelo admitiu que a capacidade hoteleira do DF precisa aumentar. "Vamos ampliar bastante nossa rede. Está em curso a construção de uma quantidade de hotéis. Vamos ampliar porque a cidade precisa, de fato, de uma rede hoteleira maior."

Na avaliação do secretário-geral da Fifa, por causa do desempenho nos preparativos para o mundial, o Brasil estaria precisando de um "kick up in the backside", expressão que pode ser traduzida como "chute no traseiro".

"Se ele deu uma declaração dessa, é mais do que infeliz, é incorreta, é absolutamente ofensiva e inaceitável. Mostra que a pessoa não tem qualificação para tratar de um assunto desse", rebateu o governador do DF.

Neste sábado, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou que o governo brasileiro não vai mais aceitar o secretário-geral da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Jérôme Valcke, como interlocutor para as negociações relacionadas à organização da Copa do Mundo de 2014 que será realizada no Brasil.

“As declarações do secretário da Fifa são inaceitáveis, dificultam o ambiente de cooperação e entendimento entre o Brasil, que é um país sério, e a própria Fifa, entidade organizadora", disse Aldo Rebelo em coletiva de imprensa convocada para este sábado.

Estádio Nacional

O almoço do qual participaram Agnelo Queiroz e os operário do Estádio Nacional de Brasíliafoi uma comemoração ao recebimento da certificação internacional SA 8000, uma norma internacional que define os requisitos referentes às práticas sociais do emprego.

De acordo com a assessoria do governo do DF, 52% da obra do Estádio Nacional já foram concluídos. A arquibancada inferior está finalizada e a intermediária, em estágio avançado. A previsão é que a arena fique pronta em 31 de dezembro deste ano.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247