AL aprova contratação de empréstimo do Bird para projeto contra a seca

A Assembleia Legislativa aprovou hoje (26), projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a contratar financiamento junto ao Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), no valor de até US$ 200 milhões, para aplicar em ações de prevenção à seca no Estado

A Assembleia Legislativa aprovou hoje (26), projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a contratar financiamento junto ao Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), no valor de até US$ 200 milhões, para aplicar em ações de prevenção à seca no Estado
A Assembleia Legislativa aprovou hoje (26), projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a contratar financiamento junto ao Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), no valor de até US$ 200 milhões, para aplicar em ações de prevenção à seca no Estado (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - A Assembleia Legislativa aprovou hoje (26), projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a contratar financiamento junto ao Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), no valor de até US$ 200 milhões, para aplicar em ações de prevenção à seca no Estado.

A medida está prevista no projeto de lei nº23/18, que autoriza o Governo a contratar recursos do Bird para o financiamento do Projeto de Apoio à Melhoria da Segurança Hídrica e Fortalecimento da Inteligência da Gestão Pública do Estado do Ceará.

O empréstimo já foi avalizado pelo Governo Federal, na Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), coordenada pela Secretaria de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (Seain/MP).

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247