Alckmin afirma que fala de FHC foi um ‘elogio’ a Huck

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso "fez um belo elogio" ao dizer que o apresentador Luciano Huck tem estilo tucano; segundo a coluna Painel, FHC ligou para o chefe do executivo paulista para amenizar o impacto de sua declaração sobre Huck; Alckmin disse apenas que a conversa "foi muito boa"; o governador voltou a dizer que estimula uma candidatura de Huck, mas não comentou se pretende convidar o apresentador para a sigla tucana

São Paulo - O governador Geraldo Alckmin anunciou o adiamento da reorganização escolar, a coletiva foi realizada no Palácio dos Bandeirantes. (SECOM/ Gov.de SP)
São Paulo - O governador Geraldo Alckmin anunciou o adiamento da reorganização escolar, a coletiva foi realizada no Palácio dos Bandeirantes. (SECOM/ Gov.de SP) (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta sexta-feira (9), que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) "fez um belo elogio" ao dizer que o apresentador Luciano Huck tem estilo tucano. Segundo a coluna Painel, da Folha, FHC ligou para o chefe do executivo paulista para amenizar o impacto de sua declaração sobre Huck.

Alckmin disse apenas que a conversa "foi muito boa", lembrando que foi o ex-presidente que o convenceu a assumir a presidência do PSDB para unir o partido. "O Brasil precisa de menos gladiadores e mais construtores. Precisamos unir o país em torno de um conjunto de reformas que o país precisa", acrescentou o governador, conforme relato do jornal paulista.

O tucano informou que não tem conversado com Huck sobre uma eventual candidatura do apresentador à presidência da República , mas disse que já foi apoiado por ele em 2002, quando foi candidato à Prefeitura de São Paulo. "Caminhamos juntos lá na zona leste. Ele era até menor de idade na época, acho. Ele é bem mais jovem que eu", disse Alckmin.

O governador voltou a dizer que estimula uma candidatura de Huck. Segundo o tucano, "a política não pode ser um grupo de má fama e espantar as pessoas" e é preciso trazer "jovens, mulheres e sociedade civil para a vida pública".

Alckmin não comentou se pretende convidar Huck para o PSDB. "Não poderia fazer um convite desses pela imprensa, mas que está mais do que clara nossa admiração".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247