Alckmin consagra João Doria como candidato

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) "consagrou" o empresário João Doria como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo; o chefe do executivo paulista afirmou que respeita a decisão de Andrea Matarazzo, que anunciou sua saída da sigla tucana e desistência das prévias; Alckmin, no entanto, cutucou o vereador ao dizer que "na vida pública devemos ser sempre um Zé Ninguém a serviço de uma grande causa"; o governador não comentou as acusações de uso da máquina pública para favorecer o empresário

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) "consagrou" o empresário João Doria como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo; o chefe do executivo paulista afirmou que respeita a decisão de Andrea Matarazzo, que anunciou sua saída da sigla tucana e desistência das prévias; Alckmin, no entanto, cutucou o vereador ao dizer que "na vida pública devemos ser sempre um Zé Ninguém a serviço de uma grande causa"; o governador não comentou as acusações de uso da máquina pública para favorecer o empresário
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) "consagrou" o empresário João Doria como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo; o chefe do executivo paulista afirmou que respeita a decisão de Andrea Matarazzo, que anunciou sua saída da sigla tucana e desistência das prévias; Alckmin, no entanto, cutucou o vereador ao dizer que "na vida pública devemos ser sempre um Zé Ninguém a serviço de uma grande causa"; o governador não comentou as acusações de uso da máquina pública para favorecer o empresário (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) "proclamou" na manhã desta domingo (20) o empresário João Doria como candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo.

O chefe do executivo paulista afirmou que respeita a decisão de Andrea Matarazzo, que na sexta-­feira (18) anunciou sua saída da sigla tucana e desistência das prévias. Alckmin, no entanto, cutucou o vereador ao dizer que "na vida pública devemos ser sempre um Zé Ninguém a serviço de uma grande causa". O vereador tem sido sondado por PP, PPS, PV e PSD, do ministro Gilberto Kassab, de quem foi secretário municipal.

"O governador [Franco] Montoro lembrava sempre do que dizia padre Lebret: "Na vida pública devemos ser sempre um Zé Ninguém a serviço de uma grande causa", disse. "Somos instrumentos da população", disse numa referência indireta à possibilidade de Matarazzo se filiar a outro partido para disputar a prefeitura paulistana.

Alckmin disse que é preciso trabalhar para ampliar a aliança em torno do empresário. "João Doria será nosso candidato a prefeito de São Paulo. Estamos extremamente otimistas. Acho que ele pode fazer um grande trabalho com inovação, agregando novos modelos de gestão, recuperando a nossa cidade, servindo à população, melhorando a qualidade dos serviços públicos", acrescentou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247