Aldo aprova o andamento das obras na Arena-PE

De acordo com o ministro dos Esportes, que visitou nesta quarta-feira (7) o canteiro de obras do estdio que abrigar os jogos do Mundial de 2014 no Estado, h grandes chances de Pernambuco sediar, tambm, a Copa das Confederaes

Aldo aprova o andamento das obras na Arena-PE
Aldo aprova o andamento das obras na Arena-PE (Foto: Aldo Carneiro/AE)

Raphael Coutinho _PE247 – O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, visitou pela primeira vez as obras da Arena Pernambuco, que está sendo construída no município de São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife (RMR), para abrigar os jogos da Copa de 2014. Após vistoriar os serviços e conhecer mais de perto o projeto, o gestor da pasta elogiou o ritmo de construção do estádio e todo o esforço que o Estado vem fazendo. Ele, inclusive, se mostrou otimista quanto ao local ser uma das subsedes para a Copa das Confederações, no ano que vem.

Acompanhado do governador Eduardo Campos e outras autoridades locais, Aldo reafirmou que a Arena Pernambuco está dentro do cronograma oficial de execuções. Além disso, usou um pouco da história para ressaltar a capacidade que o povo pernambucano tem de superar desafios.

"Eu queria dizer aos pernambucanos: o Brasil já fez coisas mais importantes como as cidades de Recife, Olinda e Itamaracá, nos fortes, que foi a expulsão dos holandeses. Desafios muito maiores a gente já enfrentou com muito êxito", disse o ministro Aldo Rebelo. Segundo o consórcio responsável pela obra, a Arena está 33% concluída.

Aluísio Moreira/SEI

O ministro lembrou ainda que, apesar das críticas recebidas, todos os 12 estádios da Copa estão cumprindo o cronograma previsto. "As obras dos 12 estados são compatíveis com o calendário. Mesmo em Porto Alegre está no prazo", garantiu. Ele aproveitou ainda para cutucar aqueles que criticam a organização brasileira para 2014. "Já ouvimos a Fifa dizer que o Brasil pede demais. O Brasil já deu muito mais ao futebol, ajudando a universalizar esse esporte talvez mais do que qualquer outro país. E fizemos isso sem pedir nada", alfinetou Rebelo. Após a visita, o ministro retornou para Brasília.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247