Aldo Rebelo pede por eleições diretas no Palmeiras

Palmeirense desde a infncia, ministro do Esporte faz pronunciamento por vdeo publicado no Twitter; assista

Aldo Rebelo pede por eleições diretas no Palmeiras
Aldo Rebelo pede por eleições diretas no Palmeiras (Foto: CESAR GRECO/AGÊNCIA ESTADO)

Palmeirense desde a infância, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), resolveu se manifestar publicamente para dar força à campanha pela realização de eleições diretas para presidente no Palmeiras. Por meio de um vídeo publicado em sua página no Twitter, ele fez um pronunciamento no qual pede pela votação de um projeto do Conselho Deliberativo do clube, que está engavetado desde março passado e prevê que todos os sócios tenham direito a voto já nas próximas eleições, no começo do próximo ano.

"Mais do que as Diretas no Palmeiras, eu apoio a democratização do nosso clube. Às vésperas do centenário (do time), a nossa imensa torcida merece esse presente: eleições diretas para o nosso clube", afirmou Rebelo, no vídeo no qual aparece à frente de uma pequena bandeira do Palmeiras.

Pelo atual estatuto do Palmeiras, apenas os conselheiros podem votar em uma eleição presidencial, assim como aconteceu no último pleito que elegeu Arnaldo Tirone, em janeiro do ano passado. Na ocasião, o dirigente foi eleito para comandar o clube por dois anos.

Em 2013, porém, Rebelo espera que os sócios tenham participação na próxima eleição presidencial do clube. O ministro quer "democratização, abertura, um gesto que aproxime esse glorioso clube da sua imensa legião de milhões de torcedores espalhados por São Paulo e por todo Brasil e até pelo mundo", como destacou no vídeo que publicou em seu Twitter, no qual enfatizou que "o Palmeiras ajudou a fazer a grandeza do futebol brasileiro e mundial".

A manifestação pública de Rebelo aconteceu na última quinta-feira à noite, apenas três dias antes de o Palmeiras enfrentar o São Caetano, neste domingo, às 16 horas, no Pacaembu pelo Campeonato Paulista. No mesmo dia, a partir das 11 horas, torcedores marcaram um protesto que irá acontecer na Rua Turiassu, à frente da sede do clube. A manifestação ganhou o nome "Festa da Gaveta", em alusão ao aniversário de um ano do engavetamento do projeto pelas Diretas no clube. O protesto deverá prosseguir durante o jogo contra o São Caetano.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247