Alego aprova data base para Judiciário e MP

Reposição será é de 7% para os cargos de provimento efetivo e 3,5% para os cargos em comissão e funções por encargo de confiança, com efeitos financeiros retroativos a 1° de janeiro de 2015, para Judiciário; para servidores do Ministério Público do Estado de Goiás, será relativa à data-base do mês de maio do ano de 2015, e reajuste com a majoração de 6,22%

Reposição será é de 7% para os cargos de provimento efetivo e 3,5% para os cargos em comissão e funções por encargo de confiança, com efeitos financeiros retroativos a 1° de janeiro de 2015, para Judiciário; para servidores do Ministério Público do Estado de Goiás, será relativa à data-base do mês de maio do ano de 2015, e reajuste com a majoração de 6,22%
Reposição será é de 7% para os cargos de provimento efetivo e 3,5% para os cargos em comissão e funções por encargo de confiança, com efeitos financeiros retroativos a 1° de janeiro de 2015, para Judiciário; para servidores do Ministério Público do Estado de Goiás, será relativa à data-base do mês de maio do ano de 2015, e reajuste com a majoração de 6,22% (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Os deputados estaduais aprovaram os projetos de revisão da data base dos servidores do Tribunal de Justiça e do Ministério Público. Aprovado em primeira fase de discussão e votação, o projeto nº 1103/15, do Tribunal de Justiça, dispõe sobre a revisão geral anual da remuneração dos servidores do Poder Judiciário do Estado de Goiás. De acordo com a propositura, a revisão geral anual da remuneração está prevista na Lei Estadual nº 17.663, de 14 de junho de 2012, em seu parágrafo único, artigo 42.

A revisão vem dar cumprimento ao que dispõe o inciso X do artigo 37 da Constituição Federal, cuja proposta de reposição é de 7% (sete por cento) para os cargos de provimento efetivo e 3,5% (três e meio por cento) para os cargos em comissão (DAE) e funções por encargo de confiança (FEC), com efeitos financeiros retroativos a 1° de janeiro de 2015.

O projeto nº 1246/15, concede revisão geral anual da remuneração dos servidores do Ministério Público do Estado de Goiás, relativa à data-base do mês de maio do ano de 2015, e reajusta os vencimentos do cargo de sub-promotor de Justiça.

“Fica concedida a revisão geral anual da remuneração dos servidores do Ministério Público do Estado de Goiás, relativa à data-base de maio de 2015, com a majoração de 6,22% (seis inteiros e vinte e dois centésimos por cento), incidente sobre os valores constantes das tabelas vigentes no mês de abril de 2015”, estabelece o projeto assinado pelo procurador-geral de Justiça, Lauro Machado Nogueira.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247