Alemanha devolve obras de arte a famílias de judeus perseguidos pelo regime nazista

247 - O Ministério da Cultura da Alemanha anunciou que devolveu às famílias 14 obras de arte que foram roubadas de judeus durante a perseguição que sofreram pelo regime nazista.

Os trabalhos estavam sob a posse de Cornelius Gurlitt, falecido em 2014 e cujo pai, figura próxima de Adolf Hitler, havia comprado diretamente do regime nazista. 

Até o momento, somente as 14 obras foram identificadas como tendo pertencido a judeus. No entanto, apura-se a proveniência do restante da coleção, que contém telas de Renoir, Cézanne, Beckmann, Delacroix e Munch. 

As informações foram reportadas na Folha de S. Paulo.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio