Alese já gastou quase R$ 1 milhão com diárias em 2015

Os gastos da Assembleia Legislativa com o pagamento de diárias nos primeiros oito meses de 2015 não se limitaram apenas aos deputados estaduais; além dos R$ 546 mil que forma pagos aos parlamentares nesta modalidade de despesa, outros R$ 425,2 mil foram gastos com diárias para os demais funcionários da Casa; ou seja, só com diárias, o Poder Legislativo de Sergipe desembolsou entre janeiro e agosto deste ano R$ 971,8 mil; há caso de funcionária que recebeu R$ 15 mil só em diárias

Os gastos da Assembleia Legislativa com o pagamento de diárias nos primeiros oito meses de 2015 não se limitaram apenas aos deputados estaduais; além dos R$ 546 mil que forma pagos aos parlamentares nesta modalidade de despesa, outros R$ 425,2 mil foram gastos com diárias para os demais funcionários da Casa; ou seja, só com diárias, o Poder Legislativo de Sergipe desembolsou entre janeiro e agosto deste ano R$ 971,8 mil; há caso de funcionária que recebeu R$ 15 mil só em diárias
Os gastos da Assembleia Legislativa com o pagamento de diárias nos primeiros oito meses de 2015 não se limitaram apenas aos deputados estaduais; além dos R$ 546 mil que forma pagos aos parlamentares nesta modalidade de despesa, outros R$ 425,2 mil foram gastos com diárias para os demais funcionários da Casa; ou seja, só com diárias, o Poder Legislativo de Sergipe desembolsou entre janeiro e agosto deste ano R$ 971,8 mil; há caso de funcionária que recebeu R$ 15 mil só em diárias (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Valter Lima, do Sergipe 247 - Os gastos da Assembleia Legislativa com o pagamento de diárias nos primeiros oito meses de 2015 não se limitaram apenas aos deputados estaduais. Além dos R$ 546,6 mil que foram pagos aos parlamentares nesta modalidade de despesa, outros R$ 425,2 mil foram gastos com diárias para os demais funcionários da Casa. Ou seja, só com diárias, o Poder Legislativo de Sergipe desembolsou entre janeiro e agosto deste ano R$ 971,8 mil.

Os dados foram obtidos pelo 247 junto ao Portal da Transparência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a partir dos relatórios enviados pela própria Assembleia Legislativa. Lá consta ainda o valor do contrato – de caráter emergencial – do parlamento estadual com uma empresa para fornecimento de passagens aéreas (a Aéreo Tur): R$ 1,5 milhão. A validade deste contrato, que foi iniciado em 1º de abril deste ano, se estendeu até o último dia 27 de setembro.

O mês no qual o parlamento mais gastou com diárias foi o de junho – R$ 204 mil. Outros dois meses com gastos expressivos foram o de janeiro (R$ 182,3 mil) e o de julho (R$ 104,3 mil), curiosamente períodos nos quais os deputados estaduais estão de férias. Em agosto, o gasto da Alese com diárias foi de R$ 162,7 mil. Nos meses de fevereiro, março, abril e maio se gastou entre R$ 53,2 mil e R$ 99,9 mil.

Como o Portal da Transparência não disponibiliza uma listagem com os nomes dos servidores que receberam diárias, o 247 pesquisou quanto foi pago aos diretores, chefes de departamentos e de gabinetes da Assembleia, a partir da lista que está publicada no site do parlamento estadual.

Neste conjunto de funcionários, quem mais recebeu por diárias foi a diretora da Escola do Legislativo, Caroline Santana de Matos Hagenbeck – R$ 15 mil. Em seguida, aparece o diretor-geral da Assembleia Legislativa, Roberto Bispo, com R$ 6,9 mil. Em terceiro está o responsável pelo Departamento Jurídico, Alexandro Nascimento Argolo – R$ 6.191.

A diretora do Departamento de Controle Interno, Maria Izabel Menezes, recebeu R$ 1.737. O diretor administrativo, Ricardo Andrade Garcez, foi reembolsado em R$ 1.250, mas os empenhos para pagamentos de diárias para ele chegam a quase R$ 3 mil. Uma funcionária de nome Solange Rosa Nascimento recebeu R$ 3.5 mil em diárias, mas o 247 não conseguiu identificar a função dela na Casa.

Entre os representantes dos gabinetes dos deputados estaduais com nome publicado no site da Assembleia, a senhora Moana Carla Azevedo Leite Passos, que trabalha no gabinete de Goretti Reis (DEM) recebeu R$ 2,3 mil em diárias. A responsável pelo gabinete de Augusto Bezerra (DEM), Eliza Maria Menezes, recebeu R$ 1.908. O mesmo valor foi pago, em diárias, para Cristiane Rezende, que atua no gabinete de Luís Mitidieri (PSD).

Deputados

Como o 247 revelou na semana passada, o líder da oposição, Samuel Alves (PSL), foi o deputado mais contemplado com diárias: R$ 65 mil. Quem também recebeu um considerável acréscimo em seus rendimentos foi o deputado estadual Paulinho da Varzinhas Filho (PT do B). Ele foi contemplado com pouco mais de 64 mil em diárias. Em terceiro lugar, apareceu Augusto Bezerra (DEM), com ganhos extras de R$ 42 mil. Em seguida, Gustinho Ribeiro (PSD) recebeu R$ 40 mil. Na quinta colocação, entre as maiores diárias, estava Zezinho Guimarães (PMDB), com R$ 36 mil. Na posição seguinte surgia Robson Viana (PMDB), que recebeu R$ 33 mil.

O presidente da Casa, Luciano Bispo (PMDB), que, em tese, poderia ser o parlamentar com maior necessidade de se deslocar para fora do Estado, dada a sua representatividade, aparece apenas em sétimo lugar, entre os que receberam diárias. Ele foi reembolsado em R$ 31,4 mil. Os demais parlamentares receberam diárias que variaram entre R$ 1 mil e R$ 30 mil, com exceção de Vanderbal Marinho (PTC), que não recebeu diárias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email