Aliados de João criticam aumentos de Dilma para desviar do IPTU

Como estratégia para desviar das críticas da oposição ao reajuste do IPTU, membros da bancada governista na Câmara de Vereadores de Aracaju têm realizado discursos com foco nos recentes aumentos realizados pelo governo federal no preço da gasolina e no custo da energia elétrica; nesta semana, vereadores situacionistas como Renilson Félix, Valdir Santos e Roberto Morais (SD) fizeram pronunciamentos nesta linha; mas oposição demonstra pouco incômodo e crise do IPTU ainda é o tema central dos discursos dos adversários do prefeito João Alves Filho

Como estratégia para desviar das críticas da oposição ao reajuste do IPTU, membros da bancada governista na Câmara de Vereadores de Aracaju têm realizado discursos com foco nos recentes aumentos realizados pelo governo federal no preço da gasolina e no custo da energia elétrica; nesta semana, vereadores situacionistas como Renilson Félix, Valdir Santos e Roberto Morais (SD) fizeram pronunciamentos nesta linha; mas oposição demonstra pouco incômodo e crise do IPTU ainda é o tema central dos discursos dos adversários do prefeito João Alves Filho
Como estratégia para desviar das críticas da oposição ao reajuste do IPTU, membros da bancada governista na Câmara de Vereadores de Aracaju têm realizado discursos com foco nos recentes aumentos realizados pelo governo federal no preço da gasolina e no custo da energia elétrica; nesta semana, vereadores situacionistas como Renilson Félix, Valdir Santos e Roberto Morais (SD) fizeram pronunciamentos nesta linha; mas oposição demonstra pouco incômodo e crise do IPTU ainda é o tema central dos discursos dos adversários do prefeito João Alves Filho (Foto: Valter Lima)

Valter Lima, do Sergipe 247 - Como estratégia para desviar das críticas da oposição ao reajuste do IPTU, membros da bancada governista na Câmara de Vereadores de Aracaju têm realizado discursos com foco nos recentes aumentos realizados pelo governo federal no preço da gasolina e no custo da energia elétrica. Ontem, três vereadores situacionistas fizeram pronunciamentos nesta linha.

O vereador Renilson Félix (DEM) disse que “constantemente vejo vereadores do Partido dos Trabalhadores fazendo críticas ao IPTU, mas é bom lembrar que o PT já reajustou a energia elétrica, a gasolina, e agora os sergipanos terão que pagar 10% a mais na conta de água, porque a água vai aumentar”. Anteontem, ele já havia discursado conclamando a população a participar da manifestação contra a presidente Dilma Rousseff (PT), que ocorrerá no dia 15 de março, na Orla da Atalaia.

Valdir dos Santos (PT do B) disse que outros aumentos foram postos em prática e não tiverem o mesmo impacto que do IPTU. “Começamos o ano com a surpresa de dois reajustes abusivos no combustível, afetando diretamente a população, mas as pessoas só lembram de reclamar do IPTU”, afirmou.

De acordo com o parlamentar, a população precisa fazer uma análise dos aumentos que estão acontecendo em todo país, antes de criticar o prefeito João Alves Filho (DEM). “Criticar o prefeito é mais fácil do que contabilizar todos os reajustes que foram feitos no bolso do consumidor. Essas mesmas pessoas que estão crucificando o prefeito, também precisam reclamar do aumento do combustível à presidente Dilma Rousseff, afinal recebemos esse presente dela”, criticou.

Já Roberto Morais (SD) fez nos dois últimos dias discursos com crítica ao aumento do preço do combustível. Se dizendo indignado, ele afirmou que conversou com alguns donos de postos de combustíveis de Aracaju e obteve a informação de que até o mês de junho, o preço do litro da gasolina será de R$ 5. “Essa é a ideia do governo federal. O que é um absurdo”, disse.

Deso
Renilson também discursou no início da semana contra a possibilidade de implantação de parceria público-privada (PPP) na Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), o que, segundo ele, representará a privatização da estatal. “A administração de João tem equívocos, mas, não dá para comparar com essa administração de corruptos do governo federal do PT”, afirmou.

Oposição
A estratégia dos aliados de João Alves Filho parece não incomodar a oposição, que mantém a linha de ataque ao reajuste do IPTU. O assunto continua sendo o tema central dos discursos. O vereador Emmanuel Nascimento, líder do PT na Câmara, faz diariamente cobranças à administração municipal e aos vereadores governistas  relacionadas aos problemas gerados pelo aumento do imposto.  

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247