Aloysio Nunes, o pit bull, quer bater o PT nas ruas

Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) divulga nota em que, assim como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, rejeita qualquer possibilidade de diálogo com o governo da presidente Dilma Rousseff; "A condição para tirar o Brasil da crise é tirar o PT do poder", disse ele;  "Nosso dever é travar um combate sem tréguas ao desastre ético e administrativo do lulo-dilmo-petismo para nos credenciarmos cada vez mais a derrotá-los nas ruas e no voto"; Aloysio, que participou de uma passeata com saudosos da ditadura militar, afirmou ainda que rejeita o que chamou de 'abraço de afogados'

Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) divulga nota em que, assim como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, rejeita qualquer possibilidade de diálogo com o governo da presidente Dilma Rousseff; "A condição para tirar o Brasil da crise é tirar o PT do poder", disse ele;  "Nosso dever é travar um combate sem tréguas ao desastre ético e administrativo do lulo-dilmo-petismo para nos credenciarmos cada vez mais a derrotá-los nas ruas e no voto"; Aloysio, que participou de uma passeata com saudosos da ditadura militar, afirmou ainda que rejeita o que chamou de 'abraço de afogados'
Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) divulga nota em que, assim como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, rejeita qualquer possibilidade de diálogo com o governo da presidente Dilma Rousseff; "A condição para tirar o Brasil da crise é tirar o PT do poder", disse ele;  "Nosso dever é travar um combate sem tréguas ao desastre ético e administrativo do lulo-dilmo-petismo para nos credenciarmos cada vez mais a derrotá-los nas ruas e no voto"; Aloysio, que participou de uma passeata com saudosos da ditadura militar, afirmou ainda que rejeita o que chamou de 'abraço de afogados' (Foto: Leonardo Attuch)

247 - Depois que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso negou, em nota, a possibilidade de qualquer diálogo com o governo Dilma (leia aqui), o senador Aloysio Nunes Ferreira fez o mesmo. Soltou nota para rejeitar o que chamou de 'abraço de afogados'.

Aloysio, que chegou a participar de uma marcha com nostalgia da ditatura militar, afirmou que a condição para tirar o Brasil da crise é tirar o PT do poder – não deixando claro se isso deve ocorrer apenas nas urnas, em 2018, ou antes, nas ruas. Leia abaixo:

Nota do senador Aloysio Nunes sobre aproximação entre o PT e o PSDB

"Delírio sem qualquer fundamento na realidade esse de acordão do PSDB com o PT. A condição para tirar o Brasil da crise é tirar o PT do poder. Nosso dever é travar um combate sem tréguas ao desastre ético e administrativo do lulo-dilmo-petismo para nos credenciarmos cada vez mais a derrotá-los nas ruas e no voto. Abraço de afogados? Estamos inequivocamente fora".

Aloysio Nunes Ferreira, senador pelo PSDB de São Paulo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247