AMA garante que prefeitos vão pagar o 13º

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), prefeito Marcelo Beltrão, disse que todos os municípios devem cumprir o pagamento dos salários dos seus servidores públicos, incluindo dezembro e o 13º salário; alívio financeiro é comemorado e decorre do incremento na arrecadação por conta do Imposto de Renda 

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), prefeito Marcelo Beltrão, disse que todos os municípios devem cumprir o pagamento dos salários dos seus servidores públicos, incluindo dezembro e o 13º salário; alívio financeiro é comemorado e decorre do incremento na arrecadação por conta do Imposto de Renda 
O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), prefeito Marcelo Beltrão, disse que todos os municípios devem cumprir o pagamento dos salários dos seus servidores públicos, incluindo dezembro e o 13º salário; alívio financeiro é comemorado e decorre do incremento na arrecadação por conta do Imposto de Renda  (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), prefeito Marcelo Beltrão, que acredita que todos os municípios devem cumprir o pagamento dos salários dos seus servidores públicos, incluindo dezembro e o tão esperado 13º salário. Isso graças a um incremento da arrecadação, que culminou com reforço no repasse ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

“Nós tivemos agora um incremento na arrecadação por conta do Imposto de Renda que faz parte do Fundo de Participação dos Municípios, que fez com que amenizasse um pouco a situação”. Marcelo Beltrão afirma que, nas conversas com os prefeitos alagoanos, eles têm se comprometido a honrar a folha de pagamento do funcionalismo público municipal.

“Os gestores têm como prioridade total usar esses recursos no pagamento de servidores, cumprir agenda financeira, que ainda é o 13º salário, e eu acredito que 100% dos municípios consigam cumprir pelo menos essa questão do salário e do 13º do servidor”.

Ele lembrou que o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é prioridade na agenda dos prefeitos. “É um importante momento de transição, mas sem esquecer que há uma crise e os gestores estão se esforçando para que os municípios sejam entregues de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal”.

“Sem dúvida é um dos momentos mais difíceis da história. É uma crise sem tamanho, institucional, financeira, principalmente de ordem econômica. Os municípios sofrem cada vez mais com essa crise que vem se aprofundando ano a ano”, declarou o presidente da AMA, que esteve na solenidade em Marechal Deodoro, em comemoração ao Dia da Proclamação da República.

Sobre a eleição para a AMA, que acontece em janeiro, o prefeito Marcelo Beltrão diz que não é eleitor e nem pode ser mais candidato, mas defende uma chapa de consenso. “A gente espera que o consenso determine mais uma vez a próxima eleição da AMA, que é uma instituição muito forte”.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247