Amastha defende eleição de Sandoval nas indiretas

Na primeira audiência com o Prefeito de Palmas depois de assumir interinamente o governo, o governador Sandoval Cardoso (SD) informou ao prefeito sobre a assinatura de ordem de serviço para início das obras da alça viária que interligará a avenida NS-15 à TO-050, contornando Palmas, e a extensão da avenida Teotônio Segurado até a Agrotins; ao final da audiência, o prefeito Carlos Amastha defendeu para jornalistas a permanência de Sandoval Cardoso no governo do Estado com as eleições indiretas de 4 de maio; "Se meu grupo político não indicar nenhum candidato, e eu defendo que não indique, não vejo problema nenhum em apoiar a candidatura do governador Sandoval Cardoso", afirmou Amastha

Na primeira audiência com o Prefeito de Palmas depois de assumir interinamente o governo, o governador Sandoval Cardoso (SD) informou ao prefeito sobre a assinatura de ordem de serviço para início das obras da alça viária que interligará a avenida NS-15 à TO-050, contornando Palmas, e a extensão da avenida Teotônio Segurado até a Agrotins; ao final da audiência, o prefeito Carlos Amastha defendeu para jornalistas a permanência de Sandoval Cardoso no governo do Estado com as eleições indiretas de 4 de maio; "Se meu grupo político não indicar nenhum candidato, e eu defendo que não indique, não vejo problema nenhum em apoiar a candidatura do governador Sandoval Cardoso", afirmou Amastha
Na primeira audiência com o Prefeito de Palmas depois de assumir interinamente o governo, o governador Sandoval Cardoso (SD) informou ao prefeito sobre a assinatura de ordem de serviço para início das obras da alça viária que interligará a avenida NS-15 à TO-050, contornando Palmas, e a extensão da avenida Teotônio Segurado até a Agrotins; ao final da audiência, o prefeito Carlos Amastha defendeu para jornalistas a permanência de Sandoval Cardoso no governo do Estado com as eleições indiretas de 4 de maio; "Se meu grupo político não indicar nenhum candidato, e eu defendo que não indique, não vejo problema nenhum em apoiar a candidatura do governador Sandoval Cardoso", afirmou Amastha (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Uma nova fase no relacionamento entre o governo do Estado e a Prefeitura de Palmas iniciou-se nessa terça-feira, 22. O governador Sandoval Cardoso (SD) recebeu o prefeito Carlos Amastha (PP) para discutir uma agenda positiva entre as gestões estadual e municipal. Durante o encontro, foram debatidas ações conjuntas para diversas áreas da administração, principalmente para segurança pública e infraestrutura urbana. Na ocasião, o governador anunciou que estenderá o programa Pró-Município para a recuperação da malha viária urbana da capital, além da assinatura de ordem de serviço para início das obras da alça viária que interligará a avenida NS-15 à TO-050, contornando Palmas, e a extensão da avenida Teotônio Segurado até o Parque Agrotecnológico de Palmas.

Ao final da audiência, o prefeito Carlos Amastha defendeu para jornalistas a permanência de Sandoval Cardoso no governo do Estado com as eleições indiretas de 4 de maio. "Se meu grupo político não indicar nenhum candidato, e eu defendo que não indique, não vejo problema nenhum em apoiar a candidatura do governador Sandoval Cardoso", afirmou Amastha. 

Segundo o governador Sandoval Cardoso, a infraestrutura foi um ponto em comum encontrado entre os dois gestores, principalmente pelas obras de estruturação da alça viária de Palmas e pela recuperação da pavimentação urbana da capital. "Nós fizemos o compromisso de, na abertura da Agrotins [Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins], assinarmos o convênio, a exemplo dos outros municípios, do Pró-Município. Aqui, encontramos dentro dos estudos da Secretaria da Infraestrutura e da Agetrans [Agência de Máquinas e Transportes do Tocantins], um valor de R$ 10 milhões para a recuperação das vias urbanas de Palmas", completou.

Além disso, outra obra que já está com recurso liberado pelo governo federal é a da alça viária de Palmas, que interligará as rodovias TO-080 e TO-010, por meio de vias duplicadas contornando a capital. Desta forma, conforme o prefeito Carlos Amastha, todo o tráfego de caminhões pesados que hoje precisa passar pelo centro da cidade, poderá contorná-la, desafogando o trânsito da capital. "Nossa obrigação como gestores é encontrar soluções em conjunto para melhorar a vida do palmense. Uma obra que o governador vai dar ordem de serviço nos próximos dias e que é fundamental para a cidade é a da NS-15. São R$ 69 milhões que o governador conseguiu quando era secretário das Cidades. Isso significa que quando você entra em Palmas e passa pela Federal [Universidade Federal do Tocantins], você vai ter todo esse anel viário duplicado até a TO[080]", frisou.

A estruturação da alça viária da capital será complementada ainda, segundo o governador, pela extensão da avenida Teotônio Segurado, que deverá ser duplicada até o Parque Agrotecnológico de Palmas, onde é realizada a Agrotins. Desta forma, conforme Cardoso, a mobilidade urbana para moradores da região sul da capital será ampliada, beneficiando milhares de pessoas. "A quatro mãos queremos, na Agrotins, lançar o edital de licitação do projeto de expansão da Avenida Teotônio Segurado até a Agrotins. Isso vai fazer com que aquela região valorize-se muito e o acesso até o distrito industrial de Palmas seja muito facilitado", destacou.

Segurança Pública
Já na área da segurança pública, Sandoval Cardoso destacou que, a partir da reunião desta noite, no Palácio Araguaia, uma agenda de ações integradas entre as forças de segurança do Estado e do Município deverá ser elaborada para potencializar o combate à criminalidade. "Nós fizemos uma agenda entre a Secretaria Municipal de Segurança Pública, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e o Comando da Polícia Militar para se reunirem, mapearem a capital e dividir os espaços de atuação. A Guarda Metropolitana atende nos espaços já definidos por esta reunião, bem como a Polícia Civil e a Polícia Militar também atenderão nos espaços adequados por essa reunião", explicou.

Para o prefeito, o encontro foi positivo para estabelecer uma relação de parceria entre prefeitura de Palmas e o governo do Estado. Segundo Amastha, ações integradas entre as gestões municipal e estadual levam benefícios importantes para a população da capital. "Para o cidadão palmense, tocantinense, pouco importa de quem é a responsabilidade. Ele quer que as coisas aconteçam efetivamente", pontuou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247