Ana Perugini reforça voto contra anistia ao caixa 2

A deputada federal Ana Perugini (PT) reforçou, em nota divulgada, seu posicionamento contra qualquer tentativa de anistia de "caixa dois" (recursos financeiros não contabilizados e não declarados aos órgãos de fiscalização competentes); assunto causou polêmica na Câmara dos Deputados, durante a discussão do projeto de lei 4.850/2016, elaborado com base em proposta do MPF, conhecida como "10 Medidas de Combate à Corrupção"

A deputada federal Ana Perugini (PT) reforçou, em nota divulgada, seu posicionamento contra qualquer tentativa de anistia de "caixa dois" (recursos financeiros não contabilizados e não declarados aos órgãos de fiscalização competentes); assunto causou polêmica na Câmara dos Deputados, durante a discussão do projeto de lei 4.850/2016, elaborado com base em proposta do MPF, conhecida como "10 Medidas de Combate à Corrupção"
A deputada federal Ana Perugini (PT) reforçou, em nota divulgada, seu posicionamento contra qualquer tentativa de anistia de "caixa dois" (recursos financeiros não contabilizados e não declarados aos órgãos de fiscalização competentes); assunto causou polêmica na Câmara dos Deputados, durante a discussão do projeto de lei 4.850/2016, elaborado com base em proposta do MPF, conhecida como "10 Medidas de Combate à Corrupção" (Foto: José Barbacena)

São Paiulo 247 - A deputada federal Ana Perugini reforçou, em nota divulgada na tarde deste sábado (26), seu posicionamento contra qualquer tentativa de anistia de "caixa dois" (recursos financeiros não contabilizados e não declarados aos órgãos de fiscalização competentes).

O assunto causou polêmica, esta semana, na Câmara dos Deputados, durante a discussão do projeto de lei 4.850/2016, elaborado com base em proposta do Ministério Público Federal, conhecida como "10 Medidas de Combate à Corrupção". "Queremos repudiar qualquer tentativa de anistia ao caixa dois, que se pretenda, como penduricalho, agregar a estas medidas contra a corrupção", escreveu a parlamentar.

Leia, abaixo, a íntegra da nota:


NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE AS 10 MEDIDAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO

Em respeito a toda população brasileira, esclarecemos o seguinte:

1 - Nosso posicionamento tem sido firme em direção à transparência, à lisura na administração pública e ao combate constante de qualquer prática levada a cabo por corruptos e corruptores;

2 - Sendo assim, assinei NOTA PÚBLICA juntamente com 25 deputadas e deputados federais da bancada do Partido dos Trabalhadores, que deixa ainda mais claro o nosso posicionamento;

3 - Declaramos na referida nota, entre outras coisas, que "queremos repudiar qualquer tentativa de anistia ao caixa dois, que se pretenda, como penduricalho, agregar a estas medidas contra a corrupção. Entendemos que seja este um dos objetivos do golpe: “estancar a sangria”, nas palavras de um dos golpistas; proteger deputados que votaram pelo impeachment da presidenta Dilma e que podem ser envolvidos com esse crime eleitoral nas investigações em curso;

4 - O projeto de lei (PL) 4.850/2016 chegou ao plenário, após longas horas de votação em comissão especial na noite anterior, de quinta-feira, dia 24/11/2016. Foi apresentado um requerimento de urgência para que o PL tivesse prioridade de votação. Em outras palavras, um requerimento para que o projeto seja o quanto antes votado na Câmara Federal. Votamos a favor do requerimento. Como não houve consenso sobre vários pontos polêmicos, a sessão foi encerrada e o tema volta ao plenário na próxima sessão.

Ana Perugini
Deputada federal PT/SP

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247