André Figueiredo: “crise política será superada nos próximos 15 dias”

Para o ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT-CE), o Congresso Nacional está, aos poucos, tomando conhecimento da gravidade que seria aprovar o impedimento da presidente Dilma. Em entrevista ao jornal Meio Norte, do Piauí, ele disse acreditar que a crise política será superada nos próximos 15 dias e fez duras críticas ao PMDB, um partido “sem credibilidade” para governar o País  

André Figueiredo: “crise política será superada nos próximos 15 dias”
André Figueiredo: “crise política será superada nos próximos 15 dias” (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

Ceará247 - O ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT-CE), acredita que o Congresso Nacional está, aos poucos, tomando conhecimento da gravidade que seria aprovar o impeachment da presidente Dilma (PT). Em entrevista ao jornal Meio Norte, do Piauí, o ele reforçou que interromper o mandato de um chefe de estado democraticamente eleito não irá resolver or problemas e se mostrou otimista com os rumos da situação. “Temos certeza de que nos próximos 15 dias estaremos superando essa crise política, permitindo que o país volte a crescer”, disse, em entrevista ao jornal Meio Norte, do Piauí. 

Para ele, uma eventual ascensão do vice-presidente Michel Temer (PMDB) agravaria a crise, já que o peemedebista “Não tem credibilidade, o partido a que ele pertence é eivado de denúncias seríssimas, enquanto a presidente Dilma não tem nenhum processo contra ela”. Ainda em tom de crítica aos ex-aliados do Governo, o ministro afirmou que “Quase todos os integrantes do PMDB estão envolvidos em processo e é por isso que temos absoluta certeza de que o povo brasileiro precisa cada vez tomar conhecimento que precisamos sim, protestar,  contra o que consideramos inadequado no Governo Federal, mas não é por conta disso que podemos tirar uma presidente democraticamente eleita. Não é assim em canto nenhum da democracia mundial”.

Leia mais aqui

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247