Antes da negociação Rui quer mostrar balanço financeiro a sindicatos

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), informou que vai apresentar um balanço das contas do município a líderes sindicais; ideia é "mostrar a realidade da prefeitura" antes de dar início às discussões sobre um possível aumento salarial para as categorias; "Não tive acesso aos números ainda, mas vamos apresentar os dados financeiros do município e mostrar aos servidores a realidade da prefeitura. Vamos mostrar se dá ou não para oferecer qualquer tipo de reajuste”, avisou Rui

Rui Palmeira - Prefeito de Maceió Foto:Marco Antônio/Secom Maceió
Rui Palmeira - Prefeito de Maceió Foto:Marco Antônio/Secom Maceió (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), informou na manhã desta quarta- feira (24) que apresentará um balanço das contas do município a líderes sindicais nesta quinta (25). A ideia é "mostrar a realidade da prefeitura" antes de dar início às discussões sobre um possível aumento salarial para as categorias.

"Não tive acesso aos números ainda, mas vamos apresentar os dados financeiros do município e mostrar aos servidores a realidade da prefeitura de Maceió. Vamos mostrar se dá ou não para oferecer qualquer tipo de reajuste", afirmou Palmeira durante lançamento de programa de coleta seletiva.

ZONA AZUL

Sobre a Zona Azul, o prefeito disse que acatou a decisão do Ministério Público de Contas, que recomendou a suspensão das cobranças em bolsões no bairro da Jatiúca, e afirmou que vai aguardar uma definição da Justiça. 

"Vamos aguardar a Justiça analisar o mérito da questão, assim como fizemos com os pardais. Quando chegou a recomendação, nós achamos por bem suspender e, quando não havia mais questionamentos jurídico, voltamos com a cobrança. Se tiver algum tipo de irregularidade vamos suspender definitivamente o contrato", frisou.

Para Palmeira, a empresa contratada pelo município errou ao fazer a cobrança nas ruas.  "Temos várias áreas de estacionamento que pertencem ao município. Nunca autorizamos a empresa a fazer cobrança nas ruas de Maceió. Ela cometeu um erro e nós a notificamos, até porque não tem em lei algo que nos permita fazer isso. Precisaríamos enviar um projeto para a Câmara. Por isso, iniciamos a Zona Azul somente nos chamados bolsões".

DOMINGO É MEIA

Sobre o programa "Domingo é meia", Rui Palmeira ressaltou que o projeto foi encaminhado à Câmara de Vereadores e disse acreditar que ele deve ser aprovado em breve, mas citou o trâmite legislativo. "Certamente a Câmara terá todo o interesse de analisar rapidamente. O projeto tem que passar pelas comissões e ir a plenário, mas tenho certeza que rapidamente o 'Domingo é meia' será aprovado".

COLETA SELETIVA

Na manhã desta quarta-feira, o prefeito participou da assinatura de um convênio com quatro cooperativas de Maceió que vão fazer coleta seletiva em 16 mil residências na capital. O projeto terá início nos bairros de Jatiúca; Ponta Verde, Cruz das Almas, Jacarecica, Benedito Bentes, Antares, Serraria e Pontal da Barra. As responsáveis pela coleta serão a Coopvila, a Copel e a Cooplum.

A ideia é que a população separe o lixo seco do molhado. Caberá às cooperativas separar por material. A proposta é aumentar para 60 mil residências em quatro anos.

"Isso é muito importante, primeiro porque vamos aumentar substancialmente a renda das pessoas que trabalham nessas cooperativas. Cada uma delas vai receber aproximadamente 40 mil reais por mês e isso vai elevar significativamente a capacidade das cooperativas de aumentarem sua produção. Elas aguardavam isso há muitos anos e o Ministério Público do Trabalho também cobrava que isso fosse feito. Para o município isso é importante, porque vamos aumentar a coleta de material reciclável, que  infelizmente ainda é baixa. Muito do que poderia ser reciclado acaba nas ruas e, quando chove, isso causa alagamentos", expôs.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247