Aos 15 anos, Pinto da Madrugada arrasta multidão na orla de Maceió

Com muito entusiasmo e criatividade, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos fizeram a festa com fantasias inusitadas, sem esquecer o frevo no pé. A primeira aparição do Pinto da Madrugada, que é hoje a maior agremiação carnavalesca de Maceió, foi em janeiro do ano 2000, com a cerimônia de batizado. Homenageando grandes nomes da história do carnaval alagoano, como o folião Prego, maestro Manezinho e o radialista Edécio Lopes, criou-se a “Comenda da Ordem do Pinto”, de modo que tais homenagens têm se repetido rotineiramente a cada aniversário

Com muito entusiasmo e criatividade, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos fizeram a festa com fantasias inusitadas, sem esquecer o frevo no pé. A primeira aparição do Pinto da Madrugada, que é hoje a maior agremiação carnavalesca de Maceió, foi em janeiro do ano 2000, com a cerimônia de batizado. Homenageando grandes nomes da história do carnaval alagoano, como o folião Prego, maestro Manezinho e o radialista Edécio Lopes, criou-se a “Comenda da Ordem do Pinto”, de modo que tais homenagens têm se repetido rotineiramente a cada aniversário
Com muito entusiasmo e criatividade, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos fizeram a festa com fantasias inusitadas, sem esquecer o frevo no pé. A primeira aparição do Pinto da Madrugada, que é hoje a maior agremiação carnavalesca de Maceió, foi em janeiro do ano 2000, com a cerimônia de batizado. Homenageando grandes nomes da história do carnaval alagoano, como o folião Prego, maestro Manezinho e o radialista Edécio Lopes, criou-se a “Comenda da Ordem do Pinto”, de modo que tais homenagens têm se repetido rotineiramente a cada aniversário (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jonathas Maresia e Clariza Santos, Gazetaweb - A orla de Maceió ficou completamente tomada por centenas foliões que participaram do 15º desfile do Pinto da Madrugada, que teve início no começo da manhã deste sábado, 22. Tendo como ingrediente principal a alegria, os foliões pularam e dançaram ao som de muito frevo. Este ano o bloco desfilou acompanhado do padrinho, o Galo da Madrugada. 

Segundo um dos idealizadores do Pinto da Madrugada, Braga Lyra, o bloco está comemorando os 15 anos em grande estilo. “ Essa multidão mostra que todas as expectativas foram superadas. A alegria é o prato principal desta festa. A cada edição o número de foliões só vem crescendo", comemorou Lyra. 

Com muito entusiasmo e criatividade, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos fizeram a festa com fantasias inusitadas, sem esquecer o frevo no pé. Durante o momento das festividades, um grupo de amigos se reuniu para protestar contra a implantação do Programa mais médicos. "Estamos nos divertindo, mas também protestando contra medidas do governo. Temos bons médicos, só precisamos de investimento", narrou o médico Helder Costa.

O casal Pernambucano Jacir e Claudio – membros fundadores do Galo da Madrugada - desembarcou em Alagoas para prestigiar o desfile do maior bloco do estado. "O Pinto da madrugada é uma festa bonita e tranquila, podemos constatar isso no olhar de todos os participantes. Por isso, viemos curtir e participar desse grande momento não só para Alagoas, como também para o Brasil", disse Claudio Carcará 

A primeira aparição do Pinto da Madrugada foi em janeiro do ano 2000, com a cerimônia de batizado. Homenageando grandes nomes da história do carnaval alagoano, como o folião Prego, maestro Manezinho e o radialista Edécio Lopes, criou-se a “Comenda da Ordem do Pinto”, de modo que tais homenagens têm se repetido rotineiramente a cada aniversário.

Com o apego à cultura de sua terra, o bloco sempre teve como meta resgatar a autenticidade dos festejos, à base de muito frevo e com a efetiva participação popular.

Pela quarta vez na capital alagoana, um casal de turista de Porto Alegre curtiu a prévia de carnaval.''Já visitamos Maceió outras vezes, mas esta é a primeira vez que encontramos com o Pinto da Madrugada. Foi uma grande surpresa. Nos deparamos com muita alegria e animação '', contou Mara Piloto.

O Pinto da Madrugada contou ainda com a presença das companhias de dança Saltos, Aje de Recife e a de Maceió, Pintando o Frevo que há 4 anos participa da grande festa.''Sempre dançamos no Galo da Madrugada. Hoje, estamos com um grupo de 15 pessoas e viemos para a grande festa do Pinto da Madrugada em Maceió'', contou Diamante, professor e integrante da companhia Saltos de dança. 

Já para Edson dos Santos, professor de dança da Pintando Frevo, é uma satisfação participar dos 15 anos do Pinto da Madrugada. ''Somos um grupo local. É bom participar, pois é um momento histórico para quem gosta de carnaval'', disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email