Após 16 meses de 1ª eleição, Susana toma posse no TCE

Primeira eleição que deu a ex-deputada estadual Susana Azevedo a maioria dos votos para ser indicada ao Tribunal de Contas do Estado ocorreu em 30 de outubro de 2012, mas desde então, o candidato derrotado, o secretário estadual da Educação Belivaldo Chagas, recorreu a todas as instâncias por entender que processo tinha problemas; após caso chegar ao STF, Susana conseguiu o direito de ser nomeada e assim o foi nesta terça (25); ela é a 1ª integrante a chegar ao TCE pelas mãos do agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC); "Estarei sempre alerta na exata e correta aplicação do dinheiro do povo e de políticas públicas que busquem a melhoria dos índices sociais e promovam o desenvolvimento das atividades primordiais do Estado", disse Susana em sua posse

Primeira eleição que deu a ex-deputada estadual Susana Azevedo a maioria dos votos para ser indicada ao Tribunal de Contas do Estado ocorreu em 30 de outubro de 2012, mas desde então, o candidato derrotado, o secretário estadual da Educação Belivaldo Chagas, recorreu a todas as instâncias por entender que processo tinha problemas; após caso chegar ao STF, Susana conseguiu o direito de ser nomeada e assim o foi nesta terça (25); ela é a 1ª integrante a chegar ao TCE pelas mãos do agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC); "Estarei sempre alerta na exata e correta aplicação do dinheiro do povo e de políticas públicas que busquem a melhoria dos índices sociais e promovam o desenvolvimento das atividades primordiais do Estado", disse Susana em sua posse
Primeira eleição que deu a ex-deputada estadual Susana Azevedo a maioria dos votos para ser indicada ao Tribunal de Contas do Estado ocorreu em 30 de outubro de 2012, mas desde então, o candidato derrotado, o secretário estadual da Educação Belivaldo Chagas, recorreu a todas as instâncias por entender que processo tinha problemas; após caso chegar ao STF, Susana conseguiu o direito de ser nomeada e assim o foi nesta terça (25); ela é a 1ª integrante a chegar ao TCE pelas mãos do agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC); "Estarei sempre alerta na exata e correta aplicação do dinheiro do povo e de políticas públicas que busquem a melhoria dos índices sociais e promovam o desenvolvimento das atividades primordiais do Estado", disse Susana em sua posse (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - Um ano e quatro meses depois, após duas eleições e longas disputas judiciais, a ex-deputada estadual Susana Azevedo, que era filiada ao PSC, tomou posse como conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE) de Sergipe, nesta terça-feira (25). Ela passa a ocupar a cadeira da conselheira Maria Isabel Nabuco D'Ávila, que se aposentou de forma compulsória em fevereiro de 2012, ao completar 70 anos de idade. Susana é a primeira integrante que chegou ao TCE pelas mãos do agrupamento do senador Eduardo Amorim (PSC) e de seu irmão, Edivan Amorim.

A nova integrante passa a ocupar uma das quatro vagas do colegiado reservadas à Assembléia Legislativa. Sua posse foi confirmada após o governador do Estado, Jackson Barreto, assinar o decreto de nomeação na última sexta-feira (21), cumprindo determinação judicial do Supremo Tribunal Federal. "Estarei sempre alerta na exata e correta aplicação do dinheiro do povo e de políticas públicas que busquem a melhoria dos índices sociais e promovam o desenvolvimento das atividades primordiais do Estado", ressaltou a conselheira, dizendo ainda que trabalhará em prol da correta fiscalização do que é sacado do erário público, "a fim de que tenha a sua aplicação nas reais necessidades priorizadas pela comunidade".

Após prestar juramento, por iniciativa do conselheiro-presidente, Carlos Pinna de Assis, a conselheira recebeu o Colar do Mérito Gumercindo Bessa das mãos do seu pai, o conselheiro aposentado do TCE/SE, Tertuliano Azevedo. O presidente do TCE foi ainda o responsável por saudar a conselheira em nome do colegiado, enquanto o procurador-geral José Sérgio Monte Alegre fez a saudação do Ministério Público de Contas.

"O sentimento é de felicidade porque se trata de uma rematada advogada, muito qualificada, muito disposta a trabalhar sempre em favor da atividade pública, e o Tribunal estava há algum tempo com essa vaga em aberto, tendo um substituto muito eficiente, que foi o conselheiro substituto Rafael Fonseca", destacou Pinna.

Ainda conforme o conselheiro-presidente, a chegada de mais um membro ao colegiado representa um estímulo à Casa no prosseguimento de novas tarefas: "a principal das quais é a prioridade nas contas de Governo. Neste primeiro semestre, o Tribunal já decidiu que dará prioridade total às contas de governo e é isto que estamos fazendo", concluiu.

Presente na posse, o governador Jackson Barreto (PMDB) disse cumpriu o seu dever ao assinar a nomeação. “A mim foi dado um prazo de 20 dias, como não havia questão jurídica que impedisse a posse, cabia a mim fazer a nomeação, meu papel é o que está determinado na lei, na Constituição. Vim cumprimentar a nova conselheira da sua posse”, disse.

No biênio 2014/15, a conselheira Susana Azevedo estará à frente da 1ª Área de Controle e Inspeção, responsável por unidades gestoras como as prefeituras de Capela, Divina Pastora, Laranjeiras, Porto da Folha, Riachuelo e Feira Nova, entre outras. Ela também irá compor a Segunda Câmara, presidida pelo conselheiro Ulices Andrade e integrada ainda pelo conselheiro Carlos Alberto Sobral de Souza, com as sessões ocorrendo às quartas-feiras.

Filha do conselheiro aposentado do TCE/SE, Tertuliano Azevedo, a deputada Susana Maria Fontes Azevedo é bacharela e pós-graduada em Direito (Unit). Na vida pública exerceu dois mandatos consecutivos de vereadora no município de Aracaju e cinco consecutivos de deputada estadual, num total de sete mandatos legislativos. Foi ainda secretária chefe da Casa Civil do Governo do Estado, no Governo de Antônio Carlos Valadares (1989 a 1991) e secretária de Governo do Município de Aracaju no Governo do Prefeito João Augusto Gama (1998 a 1999).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email