Após confusão em Madri, Legia Varsovia teme exclusão da Liga dos Campeões

Diretor de relações públicas e de mídia do Legia Varsovia, Seweryn Dmowski, disse temer que o time seja excluído da Liga dos Campeões depois que seus torcedores se chocaram com a polícia antes da partida de terça-feira contra o Real Madrid, no segundo incidente do tipo nesta temporada; doze pessoas ficaram feridas no tumulto, incluindo três policiais espanhóis, e 13 torcedores poloneses foram detidos após os campeões poloneses serem derrotados por 5 x 1

Diretor de relações públicas e de mídia do Legia Varsovia, Seweryn Dmowski, disse temer que o time seja excluído da Liga dos Campeões depois que seus torcedores se chocaram com a polícia antes da partida de terça-feira contra o Real Madrid, no segundo incidente do tipo nesta temporada; doze pessoas ficaram feridas no tumulto, incluindo três policiais espanhóis, e 13 torcedores poloneses foram detidos após os campeões poloneses serem derrotados por 5 x 1
Diretor de relações públicas e de mídia do Legia Varsovia, Seweryn Dmowski, disse temer que o time seja excluído da Liga dos Campeões depois que seus torcedores se chocaram com a polícia antes da partida de terça-feira contra o Real Madrid, no segundo incidente do tipo nesta temporada; doze pessoas ficaram feridas no tumulto, incluindo três policiais espanhóis, e 13 torcedores poloneses foram detidos após os campeões poloneses serem derrotados por 5 x 1 (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O Legia Varsóvia disse nesta quinta-feira que teme ser excluído da Liga dos Campeões depois que seus torcedores se chocaram com a polícia antes da partida de terça-feira contra o Real Madrid, no segundo incidente do tipo nesta temporada.

Os campeões poloneses foram derrotados por 5 x 1 e alguns de seus torcedores se envolveram em confrontos violentos com a polícia do lado de fora do estádio.

Doze pessoas ficaram feridas no tumulto, incluindo três policiais espanhóis, e 13 torcedores poloneses foram detidos, de acordo com delegada do governo de Madri Concepción Dancausa.

O Legia já foi multado pela Uefa por distúrbios públicos durante seu jogo contra o Borussia Dortmund em casa em setembro, e irá receber o Real Madrid em um estádio vazio na partida da volta no dia 2 de novembro.

Será a quarta vez que o time terá que jogar de portas fechadas na Europa na esteira de três punições na Liga Europa desde 2013.

"Houve insinuações extraoficiais antes do jogo com o Real Madrid de que qualquer delito poderia resultar na nossa exclusão de competições europeias", disse o diretor de relações públicas e de mídia do Legia, Seweryn Dmowski.

"Não recebemos nenhuma carta oficial da Uefa, mas o comportamento de seus delegados dá a entender que isso é possível".

Não foi possível obter comentários de imediato da Uefa.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247