Após pressão de Sindicato, Banco do Brasil manterá abertas duas agências

A direção do Banco do Brasil (BB) manteve abertas as agências das cidades pernambucanas de Escada (Zona da Mata Sul) e Ipubi (Sertão); de acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, presidido por Suzineide Rodrigues, a decisão é fruto da pressão da sociedade na qual a entidade afirmou ter tido destacada participação; entre elas, ressalta-se a realização de Audiência Pública em defesa do BB e de demais bancos públicos; a sindicalista disse que “essa boa notícia reforça nossa tese de que com a união e a luta da sociedade é possível reverter os desmandos e retrocessos do governo golpista de Michel Temer que pretende privatizar os bancos públicos. O maior protagonista dessa conquista é o povo que foi às ruas lutar pelos seus diretos sociais e econômicos”

A direção do Banco do Brasil (BB) manteve abertas as agências das cidades pernambucanas de Escada (Zona da Mata Sul) e Ipubi (Sertão); de acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, presidido por Suzineide Rodrigues, a decisão é fruto da pressão da sociedade na qual a entidade afirmou ter tido destacada participação; entre elas, ressalta-se a realização de Audiência Pública em defesa do BB e de demais bancos públicos; a sindicalista disse que “essa boa notícia reforça nossa tese de que com a união e a luta da sociedade é possível reverter os desmandos e retrocessos do governo golpista de Michel Temer que pretende privatizar os bancos públicos. O maior protagonista dessa conquista é o povo que foi às ruas lutar pelos seus diretos sociais e econômicos”
A direção do Banco do Brasil (BB) manteve abertas as agências das cidades pernambucanas de Escada (Zona da Mata Sul) e Ipubi (Sertão); de acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, presidido por Suzineide Rodrigues, a decisão é fruto da pressão da sociedade na qual a entidade afirmou ter tido destacada participação; entre elas, ressalta-se a realização de Audiência Pública em defesa do BB e de demais bancos públicos; a sindicalista disse que “essa boa notícia reforça nossa tese de que com a união e a luta da sociedade é possível reverter os desmandos e retrocessos do governo golpista de Michel Temer que pretende privatizar os bancos públicos. O maior protagonista dessa conquista é o povo que foi às ruas lutar pelos seus diretos sociais e econômicos” (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - A direção do Banco do Brasil (BB) manteve abertas as agências das cidades pernambucanas de Escada (Zona da Mata Sul) e Ipubi (Sertão). De acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, presidido por Suzineide Rodrigues, a decisão é fruto da pressão da sociedade na qual a entidade afirmou ter tido destacada participação. Entre elas, ressalta-se a realização de Audiência Pública em defesa do BB e de demais bancos públicos, nos meses de outubro e novembro deste ano. Nas ocasiões, foram definidas as estratégias para impedir o fechamento das unidades bancárias nos referidos municípios. As medidas incluíram abaixo-assinado, atos públicos e a formação de uma comissão pluripartidária composta por autoridades locais e nacionais para dialogar com a direção do BB acerca da importância do banco para as cidades e regiões.

“Essa boa notícia reforça nossa tese de que com a união e a luta da sociedade é possível reverter os desmandos e retrocessos do governo golpista de Michel Temer que pretende privatizar os bancos públicos. O maior protagonista dessa conquista é o povo que foi às ruas lutar pelos seus diretos sociais e econômicos. Agora, nossa batalha continua para garantir que as demais 11 agências do BB ameaças de fechamento continuem ativas. Mas isso vai depender de nossa capacidade de mobilização e de pressão popular”, afirmou a sindicalista.

O Sindicato informou que, em 2017, já realizou mais de 50 ações, entre elas, sete audiências públicas nas cidades de Recife, Sertânia, Escada, Custódia, Arcoverde, Ipubi e Frei Miguelinho. Para este mês de novembro, estão previstas mais seis sessões nos municípios de Itapetim e Brejinho (20), Buenos Aires (23), Caruaru (24), Serra Talhada (28) e Salgueiro (29).

As audiências vêm sendo articuladas pelo Sindicato, lideranças locais e representantes das respectivas câmaras municipais. A finalidade da ação é debater com bancários, comerciantes, vereadores e população em geral sobre o importante papel social desempenhado pelos bancos públicos como agentes do desenvolvimento socioeconômico.

*Com assessoria do sindicato

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247