Apreensão de drogas no Ceará cresce 38% este ano

De janeiro a abril deste ano, mais de 2,4 mil quilos de droga foram apreendidas pelas polícias que atuam em todo o Estado, um aumento de 38% em relação ao mesmo período do ano passado. Destes, 1.750 Kg de maconha, 70 Kg de crack e 588 Kg de cocaína

De janeiro a abril deste ano, mais de 2,4 mil quilos de droga foram apreendidas pelas polícias que atuam em todo o Estado, um aumento de 38% em relação ao mesmo período do ano passado. Destes, 1.750 Kg de maconha, 70 Kg de crack e 588 Kg de cocaína
De janeiro a abril deste ano, mais de 2,4 mil quilos de droga foram apreendidas pelas polícias que atuam em todo o Estado, um aumento de 38% em relação ao mesmo período do ano passado. Destes, 1.750 Kg de maconha, 70 Kg de crack e 588 Kg de cocaína (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Somente nos quatro primeiros meses de 2015, mais de 2,4 mil quilos de drogas foram apreendidos pelas Polícias Civil, Militar e Federal no Ceará, o que representa um aumento de 38% em relação ao mesmo período do ano passado. Juntas, as forças policiais que combatem o tráfico de drogas no Estado apreenderam 1.750 Kg de maconha, 70 Kg de crack e 588 Kg de cocaína.

As ações de prevenção ocorrem em diversos lugares e em parceria com outras entidades, porém, somente a fiscalização dentro dos aeroportos resultaram na prisão de 21 dos 34 suspeitos detidos por tráfico de drogas no Ceará, de janeiro a abril. Para delegados responsáveis, é importante também destacar a importância de saber de onde vem a droga e por onde ela chega ao Ceará. A apreensão de 400 Kg de pasta-base de cocaína que era transportada em um avião, em Canindé, no dia 15 de abril, é um exemplo disso.

O titular da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal, Janderlyer Gomes, destacou que a organização das quadrilhas especializadas no tráfico dificultam o trabalho policial, mas que isto vem sendo contornado gradativamente. "Apesar de ser uma tarefa muito difícil combater o narcotráfico, a Polícia tem investido em tecnologia, fiscalização e operações para desarticular estes grupos criminosos", disse.

(Com informações do Diário do Nordeste)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247