Aprovado subsídio de R$ 190 mi para canavieiros

A votação para uma nova subvenção destinada aos produtores de cana-de-açúcar do Nordeste foi aprovada por unanimidade no Senado Federal, e será encaminhada para a sanção da presidente Dilma Rousseff (PT); o subsídio, no valor total de R$ 190 milhões, é referente a safra 2012/2013 e irá beneficiar cerca de 25 mil produtores do setor sucroalcooleiro; com o fim do processo no Senado, a proposta de subvenção deve ser avaliada em até quinze dias, quando a presidente sancionará ou não a concessão do benefício; setor sucroalcooleiro, porém, considera que valor liberado é insuficiente para cobrir os prejuízos provocados pela seca

A votação para uma nova subvenção destinada aos produtores de cana-de-açúcar do Nordeste foi aprovada por unanimidade no Senado Federal, e será encaminhada para a sanção da presidente Dilma Rousseff (PT); o subsídio, no valor total de R$ 190 milhões, é referente a safra 2012/2013 e irá beneficiar cerca de 25 mil produtores do setor sucroalcooleiro; com o fim do processo no Senado, a proposta de subvenção deve ser avaliada em até quinze dias, quando a presidente sancionará ou não a concessão do benefício; setor sucroalcooleiro, porém, considera que valor liberado é insuficiente para cobrir os prejuízos provocados pela seca
A votação para uma nova subvenção destinada aos produtores de cana-de-açúcar do Nordeste foi aprovada por unanimidade no Senado Federal, e será encaminhada para a sanção da presidente Dilma Rousseff (PT); o subsídio, no valor total de R$ 190 milhões, é referente a safra 2012/2013 e irá beneficiar cerca de 25 mil produtores do setor sucroalcooleiro; com o fim do processo no Senado, a proposta de subvenção deve ser avaliada em até quinze dias, quando a presidente sancionará ou não a concessão do benefício; setor sucroalcooleiro, porém, considera que valor liberado é insuficiente para cobrir os prejuízos provocados pela seca (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - A votação para uma nova subvenção destinada aos produtores de cana-de-açúcar do Nordeste foi aprovada por unanimidade no Senado Federal, e será encaminhada para a sanção da presidente Dilma Rousseff (PT). O subsídio, no valor total de R$ 190 milhões, é referente a safra 2012/2013 e irá beneficiar cerca de 25 mil produtores do setor sucroalcooleiro. Com o fim do processo no Senado, a proposta de subvenção deve ser avaliada em até quinze dias, quando a presidente sancionará ou não a concessão do benefício.

“Essa subvenção é bem importante para os produtores de cana, uma vez que se refere justamente à safra 2012/2013, quando a seca estava pior”, relatou o presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Alexandre Andrade Lima, em referência a seca que assolou o Nordeste nos últimos anos e que é considerada a pior dos últimos 50 anos. “No ano em questão foram colhidos 13 milhões de toneladas de cana, quando o normal são 17 milhões”, acrescentou. 

De acordo com Lima, além dos problemas com a estiagem, os canavieiros nordestinos também sofrem com os custos elevados de produção. “Na produção, nós gastamos cerca de R$ 87 por tonelada de cana, e vendemos a uma média de R$ 77”, lamentou. Caso a subvenção seja aprovada, o valor será pago aos produtores nordestinos pelo quinto ano seguido. Cada agricultor receberá integralmente o valor de R$ 12 por tonelada de cana, com limite de 10 mil toneladas. Devido à quantidade de produtores, entretanto, o pagamento deve ser feito de maneira gradual. Apesar da aprovação da continuidade do subsídio, o valor ideal a ser repassado, segundo o setor sucroalcooleiro, deveria ser de R$ 24 por tonelada de cana para regularizar a situação.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247