Arrombamento a Emef Professor Nunes Mendonça está sendo investigado

A Prefeitura de Aracaju está acompanhando os trabalhos para identificar os criminosos que invadiram a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Professor Nunes Mendonça, localizada no bairro Atalaia, na madrugada dessa quinta-feira, 28. A invasão ocorreu pelo telhado de uma das salas e os vândalos ainda reviraram o berçário e a biblioteca. Do local, foram levados materiais de apoio e equipamentos utilizados pelos professores  

Arrombamento a Emef Professor Nunes Mendonça está sendo investigado
Arrombamento a Emef Professor Nunes Mendonça está sendo investigado

Sergipe 247 - A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal de Defesa Social (Semdec), está acompanhando os trabalhos para identificar os criminosos que invadiram a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Professor Nunes Mendonça, localizada no bairro Atalaia, na madrugada dessa quinta-feira, 28.

A invasão ocorreu pelo telhado de uma das salas e os vândalos ainda reviraram o berçário e a biblioteca. Quem chegou cedo à escola se assustou com a situação encontrada. “A gente deixa a escola em ordem e, quando chega no outro dia, a encontra arrombada. Eu estou muito triste”, afirma Ivanildes Santos, diretora da instituição. 
 
Do local, foram levados materiais de apoio e equipamentos utilizados pelos professores para ensinar. Não é a primeira vez que a escola é vítima deste tipo de delito, somente no ano passado foram nove arrombamentos. Mas em 2017, esse foi o único caso. “Levaram equipamentos da escola, destruíram material pedagógico dos professores e outros materiais. Apesar de todo esforço que a gente fez pela manutenção das escolas municipais, gastando cinco milhões em contratos, ainda nos deparamos com essas situações de vandalismo”, lamenta Cecília Leite, secretária da Educação. 
 
A gestão municipal está trabalhando intensamente para manter os espaços públicos bem conservados. O incidente está sendo investigado e é preciso que os cidadãos se engajem na luta contra esse tipo de crime. “É uma determinação do prefeito Edvaldo Nogueira que a Secretaria de Defesa Social, através da Guarda Municipal, e com apoio das Polícias Civil e Militar, busque todos os mecanismos para encontrar essas pessoas e puni-las com o rigor da lei. É inadmissível uma escola que serve às crianças da comunidade seja vandalizada e fique por isso mesmo. Nós precisamos que a sociedade de modo geral se engaje nessa defesa do que é de todos nós”, ressalta o coronel Luiz Fernando, Secretário da Defesa Social.
 
Fonte: PMA

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247