Asteroide passou 'raspando' pela Terra e só foi perseguido depois pela NASA

Ele esteve a uma distância de 2.950 km, a maior proximidade que um objeto do tipo esteve do nosso planeta sem se chocar

Chuva de meteoros
Chuva de meteoros (Foto: REUTERS/Dado Ruvic)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

History - Um asteroide "raspou" pela Terra recentemente, mas só foi detectado pela NASA horas depois de sua passagem. Ele esteve a uma distância de 2.950 km, a maior proximidade que um objeto do tipo esteve do nosso planeta sem se chocar. Batizado de 2020 QG, seu tamanho está estimado entre 3 e 6 metros de diâmetro. 

Devido ao seu tamanho, a rocha espacial provavelmente não teria representado nenhum perigo caso tivesse atingido nosso planeta. Mas a passagem do asteroide preocupou astrônomos em todo o mundo. Isso porque ninguém tinha ideia da existência do objeto até que ele tivesse passado pela Terra.

Leia a íntegra no site do Canal History.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247