Aston Martin revela projeto de "carro esportivo para os céus" em feira de aviação

A empresa revelou o veículo híbrido para três ocupantes durante a feira britânica de aviação de Farnborough e, apesar do conceito ser coisa ainda de ficção científica, ela acredita que um dia poderá ajudar a revolucionar o transporte.

Aston Martin revela projeto de "carro esportivo para os céus" em feira de aviação
Aston Martin revela projeto de "carro esportivo para os céus" em feira de aviação

(Reuters) - A montadora de carros de luxo Aston Martin, marca favorita do espião britânico ficcional James Bond, revelou nesta quarta-feira uma aeronave futurista chamada pela companhia de “carro esportivo para os céus”.

A empresa revelou o veículo híbrido para três ocupantes durante a feira britânica de aviação de Farnborough e, apesar do conceito ser coisa ainda de ficção científica, ela acredita que um dia poderá ajudar a revolucionar o transporte.

O projeto Volante Vision Concept tem recursos de pouso e decolagem na vertical e poderá atingir velocidades de cerca de 320 quilômetros por hora, disse Simon Sproule, da Aston Martin.

Líderes das indústrias de aviação e tecnologia estão trabalhando para tornar realidade carros elétricos em táxis voadores. A lista de empresas trabalhando em projetos do tipo inclui, além da brasileira Embraer, companhias como Airbus e Uber e investidores como o cofundador do Google Larry Page.

“Este é claramente um objeto de luxo, é um carro esportivo voador, então o preço será baseado nisso, certamente será algo de sete dígitos”, disse Sproule.

“PARECE UM JATO DE COMBATE”

A Aston Martin fez parceria com Cranfield University, Cranfield Aerospace Solutions e a fabricante de turbinas de aviões Rolls-Royce para desenvolver o veículo-conceito, que tem recursos de pilotagem autônoma permitidos por funções de inteligência artificial.

“Parece um jato de combate, mas ao mesmo tempo tem o luxo da Aston Martin”, disse David Debney, chefe de conceitos de aeronaves futuras na Rolls-Royce.

Comentando sobre como se pilota o veículo, Helen Atkinson, da Cranfield, afirmou: “Você tem que perceber o que está acontecendo no ambiente ao redor e então mandar isso muito rápido ao sistema de computador com inteligência artificial incorporado para realmente conseguir o nível necessário de autonomia.”

Separadamente, durante a feira de Farnborough, a Rolls-Royce revelou planos para um táxi voador, um veículo elétrico de pouso e decolagem vertical, que pode transportar quatro a cinco pessoas e atingir velocidades de até 400 quilômetros por hora.

A empresa afirmou que começou a buscar parceiros para o desenvolvimento do projeto, que espera ficar pronto na próxima década.

 

Por Matthew Stock

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247