"Até parece que depois do Proinveste, Sergipe não terá mais problemas"

O líder da oposição Venâncio Fonseca (PP) rechaça críticas de que projeto de empréstimo esteja sendo tramitado de forma vagarosa; “o projeto chegou na Assembleia e muita gente fez cobranças sem conhecer as regras. O regimento diz que quando há veto do Governo, a pauta fica trancada e só pode haver qualquer tramitação após os vetos serem votados. Foi isso o que aconteceu não só com o Proinveste, mas também com todos os projetos que estão na Casa, inclusive do Poder Judiciário”, disse o parlamentar, em entrevista aos jornalistas André Barros e Rosalvo Nogueira, na Jovem Pan FM 

"Até parece que depois do Proinveste, Sergipe não terá mais problemas"
"Até parece que depois do Proinveste, Sergipe não terá mais problemas"

Sergipe Notícias - Depois de muitos debates e negociações, a aprovação do Proinveste parece estar cada vez mais próxima. Na última semana, os dois projetos solicitando empréstimos de R$ 567 milhões foram aprovados por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa (AL). Embora a demora na votação tenha sido muito questionada, o deputado estadual e líder da oposição Venâncio Fonseca (PP) diz que a pressa interfere no regimento interno.

“O projeto chegou na Assembleia e muita gente fez cobranças sem conhecer as regras. O regimento diz que quando há veto do Governo, a pauta fica trancada e só pode haver qualquer tramitação após os vetos serem votados. Foi isso o que aconteceu não só com o Proinveste, mas também com todos os projetos que estão na Casa, inclusive do Poder Judiciário”, disse o parlamentar, em entrevista aos jornalistas André Barros e Rosalvo Nogueira, na Jovem Pan FM. 

Segundo Venâncio, a população sergipana está sendo enganada quando se afirma que o empréstimo é a salvação para o Estado. “Até parece que, depois da aprovação do Proinveste, Sergipe não vai ter mais problemas. A realidade não é essa”, ressalta. O parlamentar diz ainda que o projeto para obras, por exemplo, soma cerca de R$ 428 milhões, valor que será direcionado a obras importantes, mas não abrange todos os municípios.

Para ele, muitos estão se aproveitando do Proinveste sem nem saber o que é. “O pior é que ainda emitem opiniões estapafúrdias, como disseram, por exemplo, que a demora na votação estava relacionada à vaga de Susana Azevedo no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Acho isso um absurdo e uma falta de respeito”, desabafa Venâncio. Na opinião dele, só está criando problema em torno do Proinveste quem quer se aproveitar politicamente dos projetos. “Trata-se de um acordo entre situação e oposição e nada mais. A tramitação está seguindo seu curso normal”, diz.

Seguindo com as críticas, o deputado falou sobre as declarações do senador Valadares (PSB) em relação ao Proinveste. “Ele tem sido muito infeliz. Primeiro, quis relacionar a doença do governador Marcelo Déda (PT) aos deputados Adelson Barreto (PSB) e Maria Mendonça (PSB). Depois, foi para o Twitter colocar umas coisas que eu, sinceramente, não esperava”, afirma.

Para Venâncio, as últimas atitudes de Valadares não correspondem ao histórico do senador. “Ele é um dos políticos mais antigos de Sergipe e nunca se comportou dessa maneira”, disse. De acordo com o parlamentar, os jovens precisam ter mais oportunidade na vida pública e, para isso, os mais velhos precisam ceder o lugar. Voltando a falar sobre o Proinveste, Venâncio garante a aprovação dos projetos. “Com certeza essa novela já está chegando ao final. O último capítulo está pronto, só falta exibir”, finaliza.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247