Atlético-MG deixa a zona de rebaixamento

O canto do Galo foi especial, de vitória; com grande atuação no Independência, o Atlético-MG bateu a Ponte Preta por 3 a 0; a equipe mineira chegou a dez pontos e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, chegando ao 13º lugar. Fora de casa, no Barradão, a Chapecoense também fez bonito e bateu o Vitória por 2 a 1; os catarinenses somam 14 pontos e entraram momentaneamente no G-4, na quarta posição, mas podem ser ultrapassados até o fechamento desta 9ª rodada

O canto do Galo foi especial, de vitória; com grande atuação no Independência, o Atlético-MG bateu a Ponte Preta por 3 a 0; a equipe mineira chegou a dez pontos e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, chegando ao 13º lugar. Fora de casa, no Barradão, a Chapecoense também fez bonito e bateu o Vitória por 2 a 1; os catarinenses somam 14 pontos e entraram momentaneamente no G-4, na quarta posição, mas podem ser ultrapassados até o fechamento desta 9ª rodada
O canto do Galo foi especial, de vitória; com grande atuação no Independência, o Atlético-MG bateu a Ponte Preta por 3 a 0; a equipe mineira chegou a dez pontos e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, chegando ao 13º lugar. Fora de casa, no Barradão, a Chapecoense também fez bonito e bateu o Vitória por 2 a 1; os catarinenses somam 14 pontos e entraram momentaneamente no G-4, na quarta posição, mas podem ser ultrapassados até o fechamento desta 9ª rodada (Foto: Leonardo Lucena)

Da CBF - O canto do Galo na manhã deste domingo (19) foi especial, de vitória. Com grande atuação no Independência, o Atlético-MG bateu a Ponte Preta por 3 a 0. A equipe mineira chegou a dez pontos e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, chegando ao 13º lugar. Fora de casa, no Barradão, a Chapecoense também fez bonito e bateu o Vitória por 2 a 1. Os catarinenses somam 14 pontos e entraram momentaneamente no G-4, na quarta posição, mas podem ser ultrapassados até o fechamento desta 9ª rodada.

No Independência, o Atlético dominou o meio-campo e precisou de 23 minutos para furar o bloqueio de uma fechada Ponte Preta. Leandro Donizete aproveitou a sobra de arriscou de longe. O goleiro João Carlos tentou encaixar, mas acabou sofrendo o gol. Cinco minutos mais tarde, o Galo ampliou a vantagem. Marcos Rocha roubou a bola na defesa, avançou e achou Cazares. Com apenas um toque, ele tirou o defensor e bateu colocado, no ângulo esquerdo, para fazer um golaço. Na etapa final, o roteiro não foi muito diferente e o Alvinegro mineiro liquidou a fatura aos 39 minutos, com toque de Carlos na saída do arqueiro adversário após bom lançamento de Leandro Donizete.

Na próxima rodada, o Atlético-MG enfrenta o Corinthians na quarta-feira (22), no Mineirão. Já a Ponte Preta recebe o Cruzeiro, na mesma data, no Moisés Lucarelli. 

Em Salvador (BA), no Barradão, após um primeiro tempo sem grandes oportunidades, não faltou emoção na etapa final de Vitória e Chapecoense. O Verdão do Oeste saiu na frente aos 26 minutos. Arthur Maia tocou para Sérgio Manoel, que aproveitou a falha de marcação do Vitória e bateu cruzado para o fundo da rede. O empate do Rubro-Negro saiu no minuto seguinte. Marinho recebeu na entrada da área, fez bela jogada individual e deixou tudo igual. Os visitantes seguiram atacando e, aos 30 minutos, Arthur Maia cobrou escanteio e o zagueiro Thiego subiu bem e tocou de cabeça para garantir a vitória da Chape.

A Chapecoense volta a campo na próxima quarta-feira (22), na Arena Condá, diante do Atlético-PR. O Vitória enfrenta o Grêmio, quinta-feira (23), na Arena do Grêmio.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247