Áudios de Ataídes e Cinthia expõem mais ainda o racha no PSDB

Em dois áudios enviados ao tucanos do diretório estadual pleo Whatsap, o presidente do PSDB no Tocantins, senador Ataídes Oliveira, critica a vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, destituída do comando metropolitano; "Se essa senhora quiser sair do partido, que ela vá tranquilamente para outro partido, se ela assim desejar"; para o grupo tucano de Palmas, Cinthia respondeu: "Do PSDB eu não saio"

Em dois áudios enviados ao tucanos do diretório estadual pleo Whatsap, o presidente do PSDB no Tocantins, senador Ataídes Oliveira, critica a vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, destituída do comando metropolitano; "Se essa senhora quiser sair do partido, que ela vá tranquilamente para outro partido, se ela assim desejar"; para o grupo tucano de Palmas, Cinthia respondeu: "Do PSDB eu não saio"
Em dois áudios enviados ao tucanos do diretório estadual pleo Whatsap, o presidente do PSDB no Tocantins, senador Ataídes Oliveira, critica a vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, destituída do comando metropolitano; "Se essa senhora quiser sair do partido, que ela vá tranquilamente para outro partido, se ela assim desejar"; para o grupo tucano de Palmas, Cinthia respondeu: "Do PSDB eu não saio" (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - Em dois áudios enviados ao tucanos do diretório estadual pelo Whatsap, o presidente do PSDB no Tocantins, senador Ataídes Oliveira, critica a vice-prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, destituída do comando metropolitano. "Se essa senhora quiser sair do partido, que ela vá tranquilamente para outro partido, se ela assim desejar". Para o grupo tucano de Palmas, Cinthia respondeu: "Do PSDB eu não saio".

O parlamentar afirmou a colegas de partido que não foi informado sobre o processo de criação do diretório metropolitano da sigla, encabeçado por Cinthia, e, como consequência, destituiu a vice-prefeita do comando metropolitano no dia 11. "A Cinthia não me disse nada. Eu só fiquei sabendo depois por boca de outras pessoas que ela estava montando o diretório", afirmou Oliveira no áudio. "Assim sendo, eu pedi para suspender para a gente conversar, para montar o diretório direitinho, verificar com a nacional os procedimentos, etc. Nada disso foi feito. Ela só me mandou uma mensagem bem depois", acrescenta.

O tucano afirmou que a razão pela qual quer se afastar da vice-prefeita "são coisas terríveis". "Que vão contra os meus princípios ético e moral. Eu não posso neste momento delatar, e jamais pretendo eu delatar, mas o tempo vai mostrar isto a vocês, como, infelizmente, mostrou a mim. É só dar o poder, é só dar o poder", disse.

Em seu áudio, no grupo do PSDB de Palmas, Cinthia afirmou que as justificativas de Ataídes para não constituir o diretório metropolitano "não ficaram claras nem para mim e nem para ninguém". "Aliás, deixou ainda mais claro que fez de forma truculenta, de forma antidemocrática. Mas isso é algo que só a Justiça agora vai definir", complementa.

Sobre o fato de Cinthia ser vice do prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), Ataídes lembrou ter apresentado três nomes ao pessebista, conforme lhe foi solicitado, no ano passado. "A Cinthia estava no terceiro lugar e ela sabe disso porque eu disse isso a ela na época. Mas o prefeito Amastha preferiu escolher o nome dela. E eu aceitei, evidentemente", disse.

No áudio em que respondeu o senador, Cinthia disse que a declaração de Ataídes é importante. "O senador confirma que eu não fui a escolha do PSDB e nem a escolha dele, fui a escolha do prefeito Amastha para ser a vice. Portanto, ele me deixa muito livre para tantas outras coisas", complementou.


 

Em resposta, a vice-prefeita desafiou Ataídes a “delatar”. "Engraçado, né, que quando o homem quer falar, ele fala da moral da mulher. E eu desafio o senador publicamente a delatar todo e qualquer fato sobre a minha vida que ele um dia possa ter participado. Ele realmente desconhece aquilo que eu sou na prática e que dirá em outras tantas vertentes”, disse Cinthia, que classificou o discurso do presidente tucano de "truculento, machista, desonroso". "Ali [nos áudios] ele está tentando ser maduro, tentando ser calmo, falando em Deus, mas a gente sabe que, enfim, não é nada disso. Ele está 'espumando' de ódio porque ele sabe que esse discurso truculento, machista, desonroso da parte dele, está tendo uma repercussão muito maior do que ele imaginava.”

Para vice-prefeita, “a melhor resposta para o senador virá da melhor forma, e construída solidamente".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247