Azeredo ainda não é um foragido, diz delegado

A ordem de prisão contra o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) já foi expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado, mas ele ainda não foi localizado pela polícia para dar início ao cumprimento da pena. A defesa do ex-governador negocia para que ele se entregue

Eduardo Azeredo
Eduardo Azeredo (Foto: Gustavo Conde)

247 - A ordem de prisão contra o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) já foi expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado, mas ele ainda não foi localizado pela polícia para dar início ao cumprimento da pena. A defesa do ex-governador negocia para que ele se entregue.

"A defesa de Azeredo tentou, em vão, evitar a ordem com um pedido de habeas corpus levado ao aguardava análise do ministro Jorge Mussi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta terça-feira. O mandado de prisão foi expedido após a 5ª Câmara Criminal do TJ ter rejeitado embargos de declaração de Azeredo. Os desembargadores determinaram que não caberia mais recursos na corte e o tucano deveria começar a cumprir sua pena.

(...)

O delegado da Policia Civil Aluisio Fagundes, que atendeu aos jornalistas, afirmou às 22h25 que a defesa de Azeredo está negociando para que ele se entregue, mas o policial não soube dizer a que hora isso poderia acontecer. Fagundes afirmou que "ainda não é o caso de considerar Azeredo como foragido."

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247