Bahia em luto oficial pela morte de Lomanto Júnior

O governador da Bahia, Rui Costa, decretou luto oficial de três dias em consequência da morta do ex-governador do estado Antônio Lomanto Júnior, que faleceu nesta segunda-feira (23) por insuficiência de múltiplos órgãos aos 90 anos; pelas redes sociais, o chefe do executivo baiano também lamentou Lomanto Júnior. "Filho de Jequié, foi um homem público que atuou nos mais variados cargos políticos pela escolha do povo da Bahia, atuando sempre como defensor do municipalismo. Que os familiares e amigos sejam confortados nesse momento de despedida e de dor", afirmou

O governador da Bahia, Rui Costa, decretou luto oficial de três dias em consequência da morta do ex-governador do estado Antônio Lomanto Júnior, que faleceu nesta segunda-feira (23) por insuficiência de múltiplos órgãos aos 90 anos; pelas redes sociais, o chefe do executivo baiano também lamentou Lomanto Júnior. "Filho de Jequié, foi um homem público que atuou nos mais variados cargos políticos pela escolha do povo da Bahia, atuando sempre como defensor do municipalismo. Que os familiares e amigos sejam confortados nesse momento de despedida e de dor", afirmou
O governador da Bahia, Rui Costa, decretou luto oficial de três dias em consequência da morta do ex-governador do estado Antônio Lomanto Júnior, que faleceu nesta segunda-feira (23) por insuficiência de múltiplos órgãos aos 90 anos; pelas redes sociais, o chefe do executivo baiano também lamentou Lomanto Júnior. "Filho de Jequié, foi um homem público que atuou nos mais variados cargos políticos pela escolha do povo da Bahia, atuando sempre como defensor do municipalismo. Que os familiares e amigos sejam confortados nesse momento de despedida e de dor", afirmou (Foto: Leonardo Lucena)

Bahia 247 -  O governador da Bahia, Rui Costa, decretou luto oficial de três dias em consequência da morta do ex-governador do estado Antônio Lomanto Júnior, que faleceu nesta segunda-feira (23) por insuficiência de múltiplos órgãos aos 90 anos.

Pelas redes sociais, o chefe do executivo baiano também lamentou Lomanto Júnior. "Expresso o meu respeito e meu pesar. Filho de Jequié, foi um homem público que atuou nos mais variados cargos políticos pela escolha do povo da Bahia, atuando sempre como defensor do municipalismo. Que os familiares e amigos sejam confortados nesse momento de despedida e de dor", afirmou.

O ex-governador iniciou a carreira política em 1946, como vereador da cidade de Jequié, no Sudeste baiano. Em seguida, tornou-se prefeito do município. Entre 1979 e 1987, Lomando Júnior também foi deputado estadual, deputado federal e senador da República. Encerrou a trajetória na política como prefeito de Jequié, no final dos anos 90.

O político deixou cinco filhos, dez netos e dez bisnetos.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247