Bahia tem mais 230 cubanos prontos para atender

"A média baiana de médicos por mil habitantes é de um e o recomendado pela Organização Mundial de Saúde é, pelo menos, dois. Então, enquanto os estudantes brasileiros ainda estão em formação, é importante ter profissionais como esses do programa Mais Médicos para reforçar o atendimento na saúde pública", disse o governador Jaques Wagner ao finalizar nesta quinta-feira a semana de acolhimento do terceiro ciclo do programa Mais Médicos

"A média baiana de médicos por mil habitantes é de um e o recomendado pela Organização Mundial de Saúde é, pelo menos, dois. Então, enquanto os estudantes brasileiros ainda estão em formação, é importante ter profissionais como esses do programa Mais Médicos para reforçar o atendimento na saúde pública", disse o governador Jaques Wagner ao finalizar nesta quinta-feira a semana de acolhimento do terceiro ciclo do programa Mais Médicos
"A média baiana de médicos por mil habitantes é de um e o recomendado pela Organização Mundial de Saúde é, pelo menos, dois. Então, enquanto os estudantes brasileiros ainda estão em formação, é importante ter profissionais como esses do programa Mais Médicos para reforçar o atendimento na saúde pública", disse o governador Jaques Wagner ao finalizar nesta quinta-feira a semana de acolhimento do terceiro ciclo do programa Mais Médicos (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - A semana de acolhimento do terceiro ciclo do programa Mais Médicos foi concluída na tarde desta quinta-feira (13), durante cerimônia no Hotel Fiesta, em Salvador, com presença do governador Jaques Wagner e do secretário estadual da Saúde, Washington Couto.

Os 230 médicos cubanos seguem agora para 112 municípios, após uma semana de atividades conhecendo políticas estaduais de saúde, treinamento para uso de tecnologia e atividades pedagógicas. No evento dessa quinta-feira, os médicos receberam o jaleco e estão aptos a atuar no atendimento de atenção básica de saúde na Bahia.

"A média baiana de médicos por mil habitantes é de um e o recomendado pela Organização Mundial de Saúde é, pelo menos, dois. Então, enquanto os estudantes brasileiros ainda estão em formação, é importante ter profissionais como esses do programa Mais Médicos para reforçar o atendimento na saúde pública", disse Jaques Wagner.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email