Baldy anuncia investimentos em mobilidade em Goiânia

Em artigo publicado nesta segunda-feira no Diário da Manhã, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, anuncia que conseguiu viabilizar investimentos milionários do governo federal para área de mobilidade urbana em Goiânia; carro-chefe desta grande frente de obras é o BRT Norte-Sul, que acaba de receber mais de R$ 70 milhões; Baldy - que é deputado federal licenciado por Goiás - autorizou também R$ 22,5 milhões para os corredores da Avenida 85, R$ 17,7 milhões para a Avenida T-63, R$ 32,4 milhões destinados ao corredor da Avenida T-7, R$ 10,8 milhões ao corredor preferencial da Avenida 24 de outubro, em Campinas, R$ 40,8 para o corredor preferencial da Avenida T-9 e R$ 21 milhões corredor que será construído na Avenida Independência

Alexandre Baldy
Alexandre Baldy (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Em artigo publicado nesta segunda-feira no Diário da Manhã, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, anuncia que conseguiu viabilizar investimentos milionários do governo federal para área de mobilidade urbana em Goiânia. O carro-chefe desta grande frente de obras é o BRT Norte-Sul, que acaba de receber mais de R$ 70 milhões.

Baldy - que é deputado federal licenciado por Goiás - autorizou também R$ 22,5 milhões para os corredores da Avenida 85, R$ 17,7 milhões para a Avenida T-63, R$ 32,4 milhões destinados ao corredor da Avenida T-7, R$ 10,8 milhões ao corredor preferencial da Avenida 24 de outubro, em Campinas, R$ 40,8 para o corredor preferencial da Avenida T-9 e R$ 21 milhões corredor que será construído na Avenida Independência.

“Avançar neste projeto é primordial para termos uma capital melhor para todos”, afirma o ministro. Ele afirma que enxerga estes investimentos como forma de “honrar a confiança dos goianos ao me conferir um mandato de deputado federal que me levou ao comando do Ministério das Cidades”.

Baldy afirma que a execução de projetos relacionados a mobilidade urbana será uma das prioridades da sua gestão como ministro porque é inadiável a tarefa de diminuir o impacto do crescimento das cidades e o volume de veículos.

“Devolver a cidades para as pessoas é fundamental e organizar o fluxo do ir e vir é parte estratégica para gerar mais rapidez, fluidez e segurança para as pessoas, em especial os goianienses”, completa o ministro. “Quero retornar ao povo do meu Estado a confiança concedida para que eu os representasse, seja na missão que nos for dada”.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247