Balestra anuncia R$ 8 milhões da Funasa para módulos sanitários

Secretário estadual das Cidades se reuniu com o presidente da Funasa e anunciou recurso do governo federal para Goiás; Dezesseis municípios goianos receberão recursos para construção de 83 módulos sanitários domiciliares do PAC 2

Balestra anuncia R$ 8 milhões da Funasa para módulos sanitários
Balestra anuncia R$ 8 milhões da Funasa para módulos sanitários

Goiás 247_ Dezesseis municípios goianos receberão recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para construção de 83 módulos sanitários domiciliares do PAC 2. Estes módulos incluem vaso sanitário, banheiro, lavatório, tanque séptico e sumidouro. O investimento do governo federal no projeto será de R$ 8 milhões.

A destinação de recursos para instalação destes módulos faz parte de uma política da Funasa que visa melhorar o serviço de saneamento em municípios com até 50 mil habitantes.

O porta-voz da boa notícia é o secretário estadual das Cidades, João Balestra, que na terça-feira (30) reuniu-se com o presidente da Funasa, Gilson Queiroz, a superintendente do órgão em Goiás, Márcia Freire Dantas Coutinho, e o diretor do Departamento de Engenharia de Saúde Pública da Fundação, Ruy Gomide.

Balestra e Queiroz destacaram o peso deste programa no propósito de impulsionar a qualidade de vida da população em municípios menores, cujas condições sanitárias e de acesso à rede de abastecimento de água tratada são precárias. "Há famílias na zona rural de Goiás que sequer têm um banheiro em casa. Isso é o mínimo para que alguém viva com dignidade", disse o secretário.

Balestra, Gilson, Ruy e Márcia subscreveram o plano de trabalho, necessário para que o governo federal realize a licitação. A Funasa não estipulou prazo para conclusão dos módulos. "A construção dos módulos contribui para redução das desigualdades regionais e para levar condições mínimas para que todos brasileiros levem uma vida digna", conclui o presidente.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247