Bancários continuam em greve após sete rodadas de negociações

Sem sucesso, a sétima rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), a greve dos bancários prossegue em todo País; os bancos ofereceram novamente reajuste de 7% nos salários, que, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Piauí, é abaixo da inflação, além do abono de R$ 3,3 mil; o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimatéa Passos, participou da rodada de negociação em São Paulo

Sem sucesso, a sétima rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), a greve dos bancários prossegue em todo País; os bancos ofereceram novamente reajuste de 7% nos salários, que, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Piauí, é abaixo da inflação, além do abono de R$ 3,3 mil; o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimatéa Passos, participou da rodada de negociação em São Paulo
Sem sucesso, a sétima rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), a greve dos bancários prossegue em todo País; os bancos ofereceram novamente reajuste de 7% nos salários, que, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Piauí, é abaixo da inflação, além do abono de R$ 3,3 mil; o presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimatéa Passos, participou da rodada de negociação em São Paulo (Foto: Leonardo Lucena)

Do Piauí Hoje - Sem sucesso, a sétima rodada de negociação que aconteceu nessa terça-feira (13), entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), a greve dos bancários prossegue para o nono dia hoje (14) em todo pais.

Os bancos ofereceram novamente reajuste de 7% nos salários, que, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Piauí, é abaixo da inflação, além do abono de R$ 3,3 mil. O presidente do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimatéa Passos, participou da rodada de negociação em São Paulo.

Procon fiscaliza agências bancárias em Teresina

Após denúncias de clientes, o Serviço de Proteção ao Consumidor do Piauí (Procon- PI) realizou fiscalizações em agencias bancarias de Teresina para conferir se os bancos estão funcionando com o efetivo mínimo de 30% exigido por lei. A fiscalização teve início na última sexta-feira (9) e das 14 agências que foram fiscalizadas, três apresentaram irregularidades.

Reivindicações

Entre as principais reivindicações da categoria estão reajuste salarial de 14,78%, sendo 5% de aumento real e 9,31% de correção da inflação; participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 8.297,61; piso salarial de R$ 3.940,24; vales-alimentação, refeição, décima-terceira cesta e auxílio-creche/babá no valor do salário-mínimo nacional (R$ 880); 14º salário; fim das metas abusivas e assédio moral; fim das demissões, ampliação das contratações, combate às terceirizações e à precarização das condições de trabalho; mais segurança nas agências bancárias e auxílio-educação.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247