Bancários realizam ato em defesa do patrimônio e da soberania nacional

Bancários do Ceará aderiram às mobilizações do Dia Nacional de Luta em Defesa das Empresas Públicas e da Soberania Nacional, com o objetivo de realizar atividades em todo o país para lembrar a importância das estatais. Em Fortaleza, o Sindicato dos Bancários promove atos nas portas das agências bancárias da Aldeota. A concentração começou às 9 horas, na Agência da Caixa Econômica, na Av. Santos Dumont, devendo seguir para outras agências da mesma região da cidade. Numa verdadeira blitz durante a Copa, o governo de Michel Temer entrega a Embraer e sua base aprova a venda de novos lotes gigantescos do pré-sal e de seis distribuidoras da Eletrobrás 

Bancários realizam ato em defesa do patrimônio e da soberania nacional
Bancários realizam ato em defesa do patrimônio e da soberania nacional

Ceará 247 - Bancários do Ceará aderiram às mobilizações do Dia Nacional de Luta em Defesa das Empresas Públicas e da Soberania Nacional, com o objetivo de realizar atividades em todo o país para lembrar a importância das estatais, em parceria com o Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas 

Em Fortaleza, o Sindicato dos Bancários promove atos nas portas das agências bancárias da Aldeota. A concentração começou às 9 horas, na Agência da Caixa Econômica, na Av. Santos Dumont, devendo seguir para a agência do Banco do Brasil, na mesma avenida.

Para a coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas e representante dos empregados no Conselho de Administração da Caixa, Rita Serrano, a intenção é realizar atividades em todo o país para lembrar a importância das estatais. “A liminar obtida pela Contraf-CUT e Fenae no STF impedindo privatizações sem a autorização do Legislativo, a suspensão do leilão da Lotex e das distribuidoras da Petrobras mostram que é preciso lutar e que é possível vencer neste momento de desmonte do patrimônio público” afirmou Rita.

Ontem o Plenário da Câmara dos Deputados concluiu a votação do Projeto de Lei 8939/17, do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), que permite à Petrobras transferir a outras petroleiras até 70% de seus direitos de exploração de petróleo do pré-sal na área cedida onerosamente pela União. A matéria será analisada ainda pelo Senado.

Também ontem, o mesmo plenário aprovou o substitutivo do deputado Julio Lopes (PP-RJ) para Projeto de Lei do Poder Executivo, que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pelas Eletrobras.

Numa verdadeira blitz durante a Copa, o governo de Michel Temer entrega a Embraer e sua base aprova a venda de novos lotes gigantescos do pré-sal e de seis distribuidoras da Eletrobrás.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247