Baneseanos escolherão representante de Diretoria

Presidente do Banese, Vera Lúcia Oliveira, informou que o plano atual de Seguridade Social não será encerrado. “A adesão ocorrerá por opção do empregado”, disse; o Sergus fará, durante quatro meses, ampla divulgação das novas condições para que empregado possa optar pelo novo plano ou permanecer no antigo

Baneseanos escolherão representante de Diretoria
Baneseanos escolherão representante de Diretoria
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Sergipe - Os funcionários do Banco do Estado de Sergipe (Banese) vão escolher no próximo dia 8 de março, em eleição direta, um dos seus representantes para a Diretoria do Instituto de Seguridade Social do Banco, o Sergus. A data da eleição foi anunciada na última sexta-feira, dia 1º, pela Diretoria do Banese em reunião com o Sindicato dos Bancários do Estado.

Durante a reunião, a presidente do Banese, Vera Lúcia de Oliveira, anunciou o cronograma do processo eleitoral para a escolha do representante dos baneseanos na Diretoria do Sergus. De acordo com o cronograma, já nesta segunda-feira, 4, foi criada a Comissão Eleitoral, com a participação de um representante indicado pelo Sindicato.

Na atual administração do Banese, os funcionários já indicaram um representante para compor a Diretoria da Caixa de Assistência dos Empregados do Banco (Casse) e, recentemente, os funcionários aposentados do Banese também passaram a votar e a ser votados na eleição para a escolha do representante dos empregados no Conselho de Administração do banco, o Conad.

Ainda durante o encontro com a Diretoria do Sindicato, a presidente do Banese informou que o Plano atual do Sergus não será encerrado e a adesão ao novo Plano não é compulsória. “A adesão ocorrerá por opção do empregado”, disse a presidente, informando que o Sergus fará, durante quatro meses, ampla divulgação das novas condições para que o empregado possa optar com segurança pelo novo plano ou permanecer no antigo.

A presidente também informou que o Plano de Cargos e Salários (PCS) do Banese, uma outra antiga aspiração dos funcionários, foi implantado na data e condições amplamente divulgadas e que ainda no mês de fevereiro os empregados comissionados receberão o ganho real obtido pelo plano, tal qual os demais empregados.

“Todas essas conquistas se tornaram possíveis graças ao compromisso do governador Marcelo Déda com os baneseanos, com vistas à democratização do Banese e o fortalecimento dos seus servidores”, afirma a presidente do Banese.

A reunião com a Diretoria do Sindicato contou também com a presença dos diretores do Banese Hércules Silva Daltro, de Finanças e Relações com Investidores, Carlos Alberto Tavares, de Crédito Comercial, e a diretora Administrativa Maria Avilete Ramalho.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247