Barcelona perde e Neymar é alvo de racismo

A derrota do Barcelona para o Granada, na disputa pelo campeonato espanhol, foi mais além do que acabar com as chances do time catalão em conquistar o título de campeão do torneio; inconformados com o resultado, os torcedores do Barcelona recepcionaram o time, em seu próprio centro de treinamento com ofensas racistas, especialmente dirigidas ao atacante brasileiro Neymar; as ofensas foram feitos na forma de gestos e sons imitando macacos

A derrota do Barcelona para o Granada, na disputa pelo campeonato espanhol, foi mais além do que acabar com as chances do time catalão em conquistar o título de campeão do torneio; inconformados com o resultado, os torcedores do Barcelona recepcionaram o time, em seu próprio centro de treinamento com ofensas racistas, especialmente dirigidas ao atacante brasileiro Neymar; as ofensas foram feitos na forma de gestos e sons imitando macacos
A derrota do Barcelona para o Granada, na disputa pelo campeonato espanhol, foi mais além do que acabar com as chances do time catalão em conquistar o título de campeão do torneio; inconformados com o resultado, os torcedores do Barcelona recepcionaram o time, em seu próprio centro de treinamento com ofensas racistas, especialmente dirigidas ao atacante brasileiro Neymar; as ofensas foram feitos na forma de gestos e sons imitando macacos (Foto: Paulo Emílio)

247 - A derrota do Barcelona para o Granada, na disputa pelo campeonato espanhol, foi mais além do que acabar com as chances do time catalão em conquistar o título de campeão do torneio. Inconformados com o resultado, os torcedores do Barcelona recepcionaram o time, em seu próprio centro de treinamento com ofensas racistas, especialmente dirigidas ao atacante brasileiro Neymar. As ofensas foram feitos na forma de gestos e sons imitando macacos.  

Além de Neymar, outro alvo das ofensas racistas por parte da torcida foi o goleiro Pinto, que substituiu Valdés, que encontra-se machucado e acabou ficando fora da partida contra o Granada. Além das ofensas racistas, a torcida teria gritado e xingado os jogadores com palavras de baixo calão e ofensas pessoais. Desde o início do ano, os jogadores do Barcelona são acusados de fazerem “corpo mole”, visando apenas a Copa do Mundo.

O caso de racismo no campeonato espanhol não é isolado. Em março, torcedores do Espanyol também imitaram macacos e chegaram até mesmo a atirar bananas no campo em direção ao lateral Daniel Alves.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247